ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 22º

Direto das Ruas

Comerciantes reclamam de goteiras e falta de manutenção na Galeria Dona Neta

Vídeo mostra vazamento ao lado de lâmpada no corredor da galeria na Afonso Pena que apresenta outros problemas

Por Ronie Cruz | 10/07/2019 10:21
Vazamento ao lado de luminária foi gravado pelo celular e vídeo foi enviado pelo Direto das Ruas (Fot: Reprodução)
Vazamento ao lado de luminária foi gravado pelo celular e vídeo foi enviado pelo Direto das Ruas (Fot: Reprodução)

Vídeo enviado pelo Canal Direto das Ruas mostra goteiras no teto do corredor da galeria Dona Neta. A situação preocupa comerciantes instalados no prédio que reclamam da falta de manutenção do prédio localizado na avenida Afonso Pena.

No vídeo gravado pelo celular é possível ver um vazamento de água ao lado de uma luminária. A preocupação de quem trabalha no local é com o risco de curto-circuito. De acordo com uma comerciante ouvida pelo Campo Grande News o problema ocorre dentro e fora das salas.

Parede com infiltração em uma das salas comerciais na galeria Dona Neta (Foto: Reprodução)
Parede com infiltração em uma das salas comerciais na galeria Dona Neta (Foto: Reprodução)

A mulher que prefere não ser identificada reclama que há um ano enfrenta problemas com infiltração e goteira dentro da sala alugada. “Toda vez que chove pinga água aqui. Se molha meu equipamento estraga. Tenho medo de curto-circuito porque a fiação é antiga. Fizemos várias reclamações. A administração fala que vai resolver e não resolve.”, disse.

Outro problema enfrentado pelos comerciantes no prédio são as rachaduras. “Aqui eu não vejo manutenção. Jogam água lá no andar de cima e a água cai aqui em baixo. A gente fica preocupado com a nossa segurança”, reclama outra comerciante que também prefere manter o anonimato.

Furos no teto no andar superior mostram a ação do tempo em um dos corredores.

Galeria no centro da Capital tem vazamentos, fiação antiga e rachaduras, reclamam comerciantes
Galeria no centro da Capital tem vazamentos, fiação antiga e rachaduras, reclamam comerciantes

Procurada, a síndica Cassilda Kirnew, 47, disse que já está tomando providências para resolver os problemas citados e fazer as adequações de segurança necessárias. “É um prédio antigo e eu assumi há 4 anos. Peguei vários problemas. Estamos fazendo um projeto com engenheiro para solucionar tudo. Não é uma coisa que resolve da noite para o dia. Dia 12 vai haver uma assembleia e vamos apresentar o projeto antes de fazer qualquer obra”, afirmou.

De acordo com Cassilda, o edifício conta com 104 apartamentos nos andares superiores e 63 salas comerciais na galeria. Ela destacou que a responsabilidade pela manutenção de cada loja é de cada proprietário e que o condomínio se responsabiliza pelas áreas de uso comum.

“Do total de galerias, que são de proprietários diferentes, 80% receberam notificação para fazer reparos no interior das lojas. A gente faz a notificação e dá prazo para resolver o problema. Caso não seja resolvido, a gente multa e se for reincidente entramos com ação judicial, como já aconteceu por causa de vazamento de água”, explicou.

Veja o vídeo:

Direto das Ruas – A sugestão e o vídeo chegaram ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário