A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/10/2014 13:46

Leitora reclama de onda de furtos e outros crimes em Bodoquena

Stephanie Romcy

Moradores de Bodoquena, cidade a 266 quilômetros de Campo Grande, estão com medo da onda de violência que vem ocorrendo na cidade há pelo menos quatro meses.

Segundo relatos de uma leitora, na semana passada o comércio do padastro, localizado na Avenida Manoel Rodrigues de Oliveira, foi assaltado dois dias seguidos, mas como os autores ainda não tem 18 anos, nada pode ser feito.

"Fomos na delegacia e fizemos o boletim de ocorrência, mas por serem menores, nos disseram que não poderiam investigar", disse a leitora que, por medo de represálias, prefere não ter o nome divulgado.

A moradora informou que os assaltos acontecem, principalmente, na região central de Bodoquena e não se restringem a comércios. "No começo do ano invadiram a residência de uma diretora de escola durante a tarde, ela estava dormindo e nem percebeu a ação dos bandidos, que levaram diversos objetos", relata.

Ela ainda reclama que durante a noite, muitos jovens consomem droga em uma praça localizada no Centro e até danificam as lâmpadas de postes para não serem vistos. "A Polícia até faz a parte dela, mas o Conselho Tutelar não ajuda".

A redação do Campo Grande News procurou a assessoria de imprensa da Polícia Militar de Bodoquena e foi relatado que realmente há inúmeras ocorrências de pequenos furtos, mas a maioria foi solucionada. Segundo a informação o geralmente acontece é que a maioria são menores e na cidade não há UNEI (Unidade Educacional de Internação) e só são enviados para outras cidades os envolvidos em casos de maior gravidade. Os outros acabam ficando soltos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions