ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 

Direto das Ruas

Mato alto próximo de ponto de ônibus é problema no São Lourenço

Em mais um caso de terreno baldio, moradores próximos já estão achando cobras e escorpiões em suas casas

Por Giovana Martini | 10/03/2021 16:59
Na Rua Leão Zardo um terreno vem deixando moradores preocupados por conta do mato alto. (Foto: Direto das Ruas)
Na Rua Leão Zardo um terreno vem deixando moradores preocupados por conta do mato alto. (Foto: Direto das Ruas)

Um terreno baldio é problema na Rua Leão Zardo, no Jardim São Lourenço, em Campo Grande. Conforme relato, o terreno não recebe poda ou limpeza há quase três anos.

Amanda Barbosa Donxera, dona de casa de 22 anos, relatou a situação pelo canal Direto das Ruas, por não aguentar mais as consequências negativas que o matagal traz: animais peçonhentos estão entrando na sua casa e de alguns vizinhos também. "Uma delas (cobra) apareceu em dezembro e a outra no começo desse ano, em janeiro. A vizinha do outro lado achou uma cobra em baixo do colchão do filho dela", contou Amanda.

Na foto enviada, é possível ver um ponto de ônibus em frente ao terreno. Amanda afirma que essa proximidade causa apreensão naqueles que precisam esperar pelo transporte ou só passam por ali. "Pode sair um cara de dentro do mato e assaltar quem tiver no ponto de ônibus e a noite fica mais perigoso ainda. Como tenho filha pequena, a atenção tem que estar sempre no máximo".

Pela faixa de "vendo" na frente do matagal, sabemos que se trata de um lote privado. Amanda já entrou em contato pelo número da faixa e ficou sabendo que o terreno pertence a uma família, um item de inventário, e a pessoa que a atendeu informou que não era parente, apenas estava ajudando a vender. "O rapaz me disse também que estão fazendo um orçamento pra limpar lá", finalizou.

Legislação - Em casos como este, onde o terreno descuidado é de propriedade privada, o dono do imóvel é obrigada a mantê-lo limpo, capinado e drenado, e aqueles que não cumprirem estes requisitos estão passíveis de multa, no valor entre entre R$ 2.243,00 e R$ 8.972,00, de acordo com a Lei n. 2909 do Código de Polícia Administrativa do Município.

Direto das Ruas – A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário