A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/11/2014 18:02

Moradores reclamam da falta de coleta de lixo em bairros da Capital

Adriano Fernandes
Evelina Selingardi, no Parque Lageado.(Foto:Direto das Ruas)Evelina Selingardi, no Parque Lageado.(Foto:Direto das Ruas)
Lixo acumulado na rua São Joaquim, no bairro Santa Luzia.(Foto:Direto das Ruas)Lixo acumulado na rua São Joaquim, no bairro Santa Luzia.(Foto:Direto das Ruas)
Ruas dos Rezendes, no bairro Monte Alegre.(Foto:Direto das Ruas)Ruas dos Rezendes, no bairro Monte Alegre.(Foto:Direto das Ruas)

O atraso na coleta de lixo em bairros da Capital gerou o acúmulo de resíduos em diversas ruas e queixas de moradores que procuraram o Campo Grande News. Reclamações chegaram de diversos bairros via aplicativo WhatsApp.

Todo o bairro Santa Luzia sofre com a falta de coleta, mas, segundo um morador que preferiu não se identificar, a Rua São Joaquim, entre as ruas Santa Cristina e Santa Emília, é a que mais tem lixo acumulado. “Está um verdadeiro lixo”, comenta o rapaz.

A mesma queixa foi feita pela comerciante Márcia de Almeida, de 44 anos, moradora da Rua Evelina Selingardi, no bairro Parque do Lageado. Desde o último sábado o caminhão de coleta não passa pelo bairro, gerando acumulo de resíduos por toda a rua. “Tem lixo para todo o lado”, desabafa a moradora que teme que a situação se agrave devido as fortes chuvas e a proliferação de mosquitos da dengue.

No bairro Monte Alegre, a coleta que em dias normais é feita nas terças, quintas e sábados, também já não é regular. O morador da rua dos Rezendes, Adriano Oliveira, de 32 anos, enviou fotos de sua rua, onde é possível ver em frente a algumas casas os sacos de lixo acumulado.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande, nesta sexta-feira (28) os serviços estarão regularizados quase 100% e normalizados totalmente até sábado (29). O atraso na coleta teria ocorrido devido a um efeito cascata desde a interrupção do acesso ao aterro sanitário pelos manifestantes da Cidade de Deus, na segunda-feira pela manhã.

O fechamento do acesso comprometeu a passagem dos caminhões de lixo que ficaram parados sem poder descarregar o lixo do final de semana. A liberação do local se deu no final da tarde de segunda-feira (24). No dia seguinte (terça) começaram os trabalhos de descarregar o lixo domiciliar no aterro dando, assim, sequência às coletas que foram reprogramadas, excepcionalmente.

A empresa informa que está trabalhando em ritmo acelerado para normalizar a coleta.

Direto das Ruas - Pelo canal de interação entre a redação e o leitor, podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions