ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Direto das Ruas

Na fila da vacinação, motoristas "esquecem" e ocupam ciclovia

"Dia de vacinação para salvar vidas, só esqueceram que ciclistas também tem vida", denuncia leitor

Por Paula Maciulevicius Brasil | 22/07/2021 10:16


"Dia de vacinação para salvar vidas, só esqueceram que ciclistas também tem vida". Foi com este desabafo que o ciclista Wanderson Jara postou o vídeo nas redes sociais na tarde dessa quarta-feira (21).

A fila da vacina começava na Rua Professor Luiz Alexandre de Oliveira e dá acesso tanto para a Rua Antônio Maria Coelho, onde fica o drive thru da Cassems quanto para a Avenida Mato Grosso, onde funciona o drive do Albano Franco.

Na postagem no Instagram, Wanderson chama a atenção dos motoristas que ocuparam a via destinada aos ciclistas enquanto quem anda de bike se arrisca entre os carros.

"A gente que é ciclista tem que andar na rua. Falta de organização da Agetran aí. Não sei quem é o responsável por comandar o tráfego. Ciclovia ocupada pelos carros, a gente tem que disputar espaço com perigo de ser atropelado", fala no vídeo.

Nessa quarta-feira a vacinação era para um público considerável, porque além da segunda dose, o calendário abriu para pessoas a partir dos 33 anos.

A Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul) esclareceu que a organização do fluxo do trânsito aos arredores do drive-thru de vacinação não é de responsabilidade do plano de saúde. A Cassems disse ainda em nota que contribui, de maneira voluntária, por meio de uma força tarefa, para agilizar a imunização da população campo-grandense.

O plano de saúde está integrado à coordenação da Secretaria Municipal de Saúde, com apoio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito.

Questionada, a assessoria de imprensa da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que a organização está a cargo dos postos de vacinação, com o suporte da Agetran (Agência Municipal de Trânsito) e da Guarda Municipal.

Sobre a cena, o chefe de Fiscalização de Trânsito, Carlos Guarini, informou que não houve recomendação da Agetran para que os motoristas ocupassem a ciclovia, e que a faixa não pode ter veículos estacionados.

Guarini falou que iria averiguar a situação para evitar que se repetisse, mas que a medida em que se reduz a idade, a tendência é aumentar o público da vacinação e que o adequado seria os motoristas ocuparem uma das faixas de rolamento da avenida e não a ciclovia.


Direto das Ruas - A informação chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário