A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2019

12/02/2019 15:00

Obras de EMEI estão paralisadas e previsão é de mais 1 ano sem vagas

Pelo menos 120 crianças deixaram de ser atendidas

Danielle Matos
Goteiras e lama ocupam espaço que seria de crianças. (Foto: Direto das Ruas) Goteiras e lama ocupam espaço que seria de crianças. (Foto: Direto das Ruas)

As obras de construção do EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil) do Bairro Jardim Talismã estão paralisadas, para indignação de moradores da região. O prédio que começou a ser construído na gestão do ex-prefeito Alcides Bernal, tem problemas de infiltração, muros pichados e entulho acumulado.

A lista de obstáculos para inauguração do CEINF vai desde goteiras e infiltrações até mato alto. O local também já foi alvo de vândalos, que picharam os muros antes mesmo que fossem pintados. Na parte externa do terreno, o lixo acumulado é reservatório de água e possível foco do mosquito Aedes aegypti.

Morador do bairro vizinho, o Parque Isabel Garden, que não quis se identificar, afirma que diversas famílias esperam por uma vaga em CEINFs da Capital. “Nos bairros próximos tem tantas mães que precisam matricular seus filhos em uma escola de educação infantil e não conseguem... É um descaso com a população”. Ele também afirma que é comum a circulação de usuários de drogas pelo terreno.

 

Em nota, a Prefeitura informou que “a obra está paralisada devido à documentação junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que está analisando o que já foi executado e a adequação orçamentária”.

A previsão de retomada das obras é para o ano de 2020. Segundo a Prefeitura, serão atendidas 120 crianças por período. Também estão previstas mais sete obras de CEINFs com a mesma capacidade de atendimento para entrega ainda em 2019.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions