A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

24/02/2018 20:30

Pouca iluminação em pista aumenta insegurança no Parque das Nações

Adriano Fernandes
Usuários caminhando em meio a escuridão de um dos trechos da pista de caminhada do Parque. (Foto: Direto das Ruas) Usuários caminhando em meio a escuridão de um dos trechos da pista de caminhada do Parque. (Foto: Direto das Ruas)

A iluminação pelo Parque das Nações Indígenas em Campo Grande, tem contrastes que deixam a desejar e são visíveis, sempre que o sol se põe. Entre a “luz e a escuridão”, a falta de manutenção nas luminárias em alguns pontos dos seus quase 5 quilômetros de pista para caminhada, preocupa e assusta usuários.

Em contato ao Campo Grande News, leitor que preferiu não ter a identidade divulgada, se queixou de trechos onde as luminárias não estavam funcionando. Pela entrada da Rua Antônio Maria Coelho, ao lado do Marco (Museu de Arte Contemporânea), até a brincadeira das crianças no parquinho era arriscada por conta da pouca iluminação.

Perto dali, "rodas de violão" e grupos de famílias dividiam espaço entre as árvores, mesmo diante do “breu” noturno. “Em alguns trechos algumas luminárias não estão funcionando, seja de um lado ou de outro da pista”, comentou.

O percurso mais crítico, ainda segundo o usuário é desde o posto da PMA (Polícia Militar Ambiental) até a ponte sobre o córrego Joaquim Português, que passa pelo parque. “Por ali, todas as luminárias estão queimadas”, se queixa.

Posto da polícia dentro do parque sem iluminação. (Foto: Direto das Ruas) Posto da polícia dentro do parque sem iluminação. (Foto: Direto das Ruas)

Diante da situação, a falta de policiamento dentro do parque também preocupa. “Entrei pelo portão da Avenida Afonso Pena e pelo menos até a saída aqui da Antonio Maria Coelho, não vi nenhum agente de segurança”, acrescenta.

Mas o leitor ressalta que os problemas são pontuais. As quadras de areia e pistas de skate continuam bem iluminadas. Com destaque para o entorno do lago no nosso principal cartão postal.

“Por ali, tanto no entorno quanto nos principais acessos ao lago, a iluminação é boa e, por conta disso, onde se concentram mais pessoas”, diz. O leitor lamenta os problemas, mas comemora pelo Parque, continuar tendo lugar cativo no coração das famílias campo-grandenses.

"É um espetáculo da natureza que continua sendo o nosso maior previlégio", conclui. 

Direto das Ruas - Esta sugestão de reportagem foi encaminhada ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, nosso canal de interação do leitor com a redação.

Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions