ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 24º

Direto das Ruas

Vítima pede socorro aos gritos e ladrão armado de faca acaba preso

crime aconteceu por volta das 8h desta quinta-feira (23), em frente à UFMS, na Avenida Costa e Silva, no Bairro Pioneiros

Por Viviane Oliveira e Bruna Kaspary | 23/08/2018 10:01
Rapaz na viatura da Polícia Militar foi levado para a Depac Piratininga (Foto: Henrique Kawaminami)
Rapaz na viatura da Polícia Militar foi levado para a Depac Piratininga (Foto: Henrique Kawaminami)

Homem de 18 anos foi imobilizado e preso por um grupo após roubar o aparelho celular de uma universitária também de 18 anos. O crime aconteceu por volta das 8h desta quinta-feira (23), em frente à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), na Avenida Costa e Silva, no Bairro Pioneiros, região sul de Campo Grande.

A estudante de Pedagogia contou à reportagem que seguia para a universidade conversando com um amigo pelo celular, quando o rapaz em uma bicicleta arrancou o aparelho da mão dela e fugiu. Desesperada, a jovem começou a gritar e correr atrás dele na ciclovia.

Para escapar, o ladrão tentou jogá-la para a avenida, mas a universitária puxou a mochila dele, foi quando ele virou e a ameaçou com uma faca. A situação chamou atenção de quem passava pelo local e um grupo conseguiu derrubar o rapaz da bicicleta e imobilizá-lo até a chegada da Polícia Militar, que foi acionada em seguida.

O ladrão identificado por Alisson Rodrigues da Silva pedia para não chamar a polícia, pois preferia apanhar do grupo a ser preso. “Ele falava que não tinha nenhum b.o contra ele, mas mesmo assim preferia ser espancado a ir para a delegacia”, contou a estudante. A vítima conseguiu recuperar o iPhone com a tela quebrada.

Homem foi cercado e imobilizado por grupo até a chegada da polícia (Foto: Direto das Ruas)
Homem foi cercado e imobilizado por grupo até a chegada da polícia (Foto: Direto das Ruas)
Crime aconteceu por volta das 8h desta quinta-feira em frente à universidade (Foto: Henrique Kawaminami)
Crime aconteceu por volta das 8h desta quinta-feira em frente à universidade (Foto: Henrique Kawaminami)

Ela disse que entrou em desespero e resolveu perseguir o ladrão, porque a mãe dela havia acabado de terminar de pagar o celular. O rapaz foi preso por uma equipe do Pelotão do Jardim Jóquei Clube e levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. A policia recomenda que não se reaja a nenhum tipo de violência, pois a situação pode virar tragédia. Somente neste ano, cinco mortes foram registradas em tentativas e assaltos na Capital. Em todos os casos, as vítimas reagiram. 

Direto das Ruas - O Campo Grande News recebeu a informação por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário