A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/12/2012 14:07

"Não podemos abrir mão", diz Puccinelli sobre divisão dos royalties

Governador está otimista para derrubada de veto da presidenta Dilma Roussef (PT)

Nadyenka Castro e Carlos Martins
Governador André Puccinelli está otimista para derrubada do veto de Dilma. (Foto: Rodrigo Pazinato)Governador André Puccinelli está otimista para derrubada do veto de Dilma. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Otimista em relação à divisão dos royalties do petróleo, André Puccinelli (PMDB) afirma que o Estado não pode deixar de lutar pelos R$ 150 milhões. “São R$ 81 milhões para os municípios e R$ 68 milhões, quase R$ 69 para o Estado. Não podemos abrir mão”, declarou durante solenidade de entrega de equipamentos e veículos para a Segurança Pública, nesta sexta-feira, na governadoria, em Campo Grande.

“Nós vamos ganhar, os nossos Estados vão ganhar”, declarou o governador de Mato Grosso do Sul, demonstrando otimismo à votação do veto da presidenta Dilma Roussef (PT) ao projeto que redistribui os royalties do petróleo. “Vai derrubar. O Brasil vai ganhar”.

Puccinelli citou ainda que os 10 parlamentares de Mato Grosso do Sul já disseram que vão votar “pelos interesses do Estado”. “Em defesa dos interesses do Estado, do cidadão sul-mato-grossense”.

Os senadores aprovaram regime de urgência para apreciação do veto, mas decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, mandou que o veto seja analisado conforme a ordem cronológica de chegada ao Senado. Ou seja, antes dele, há outros 3.060 vetos em pauta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions