A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

25/10/2018 10:23

A 6 dias para celebração, Halloween movimenta comércio de fantasias

Os símbolos principais são de bruxas, teias de aranha, mortos-vivos e de abóboras com olhos e boca iluminados com vela acesa

Viviane Oliveira e Bruna Pasche
Caveiras chamam atenção em loja decorada com fantasias e objetos para o Dia de  Halloween  (Foto: Henrique Kawaminami) Caveiras chamam atenção em loja decorada com fantasias e objetos para o Dia de Halloween (Foto: Henrique Kawaminami)

Mesmo com popularidade maior nos Estados Unidos, o Halloween conhecido como Dia das Bruxas, celebrado no dia 31 de outubro, começou a movimentar o comércio de fantasias e objetos no Centro de Campo Grande. Os símbolos principais são de bruxas, teias de aranha, mortos-vivos e de abóboras com olhos e boca iluminados com vela acesa.

No Paulistão da Rua Rui Barbosa, a gerente Clauce Mônito Grato, conta que a procura começou há 1 mês. Apesar da festa não ser muito difundida no Brasil, como por exemplo a Festa Junina, a procura é muito grande. “O movimento nessa época é bom. Acaba o dia da criança e a gente já troca a decoração para o Halloween”, explica.

A data é muito comemorada nas escolas. Segundo a gerente, o dia de grande movimento será mesmo na quarta-feira (30), quando pais procuram fantasias para os filhos irem para o colégio. “No ano passado, os produtos que mais saíram foram chapéus e capas. Neste ano, as fantasiadas preferidas são dos personagens da série Casa de Papel”, diz Clauce.

 

Mãe e filho escolhem fantasias para bombar  no dia da festa (Foto: Henrique Kawaminami) Mãe e filho escolhem fantasias para bombar no dia da festa (Foto: Henrique Kawaminami)
Lojas decorada para chamar atenção dos consumidores (Foto: Henrique Kawaminami) Lojas decorada para chamar atenção dos consumidores (Foto: Henrique Kawaminami)

Procurando por abóboras e caveiras, a funcionária pública Ivana Cavalheiro, 48 anos, aproveitou o comércio de fantasias relacionados ao tema para montar uma árvore de Natal diferente para presentear um amigo metaleiro (adepto do heavy metal).”Eu não tenho costume de comemorar Halloween, mas meus sobrinhos e filhos gostam muito”, conta.

Com festa programada, doces e travessuras, a professora Ligie Cristine, 35 anos, e o filho, Rafael Henrique, 13 anos, escolhiam fantasias para bombar no dia 31. O encontro será na casa de uma das amigas da professora. “A gente ainda não decidiu qual fantasia levar, mas a expectativa é para ver a roupa do outro”, diz Ligie animada.

Na loja Stúdio Festas e Fantasias localizada na Rua 14 de Julho, o movimento começou na sexta-feira passada. “Tem muita procura por fantasia, tanto de adulto quanto infantil”, comenta a gerente Simone Souza. Ela relata que o movimento está fraco se comparado com o ano passado. “As vendas caíram por causa das obras de revitalização da 14 de Julho”, lamenta. No local, são encontradas fantasias de brinco de dedo, machucados de colar, maquiagens, sangue de brincadeira, pênis, pé, mão, máscaras do pânico, caveira, barata e aranha.

Apaixonada por bruxas desde pequena, a estudante de Direito Gabriela Cavassa, 22 anos, aproveita o dia para acender uma vela dentro de abóbora esculpida há 4 anos, que fica no quarto dela com paredes pintadas de preto. Gabriela e as amigas vão comemorar o dia 31 numa festa a fantasia com decoração sobre o tema.

Fantasias fazem sucesso na loja (Foto: Henrique Kawaminami) Fantasias fazem sucesso na loja (Foto: Henrique Kawaminami)
Chapéus são os queridinhos da garotada (Foto: Henrique Kawaminami) Chapéus são os queridinhos da garotada (Foto: Henrique Kawaminami)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions