A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/03/2012 15:37

Abate de bovinos registra alta e deixa Estado em segundo no País

Fabiano Arruda
Abate de bovinos aumentou no quarto trimestre de 2011 aumentou 9,9%, segundo o IBGE. (Foto: João Garrigó)Abate de bovinos aumentou no quarto trimestre de 2011 aumentou 9,9%, segundo o IBGE. (Foto: João Garrigó)

O abate de bovinos em Mato Grosso do Sul registrou aumento de 9,9% no quatro trimestre do ano passado comparado ao mesmo período de 2010.

O rendimento deixa o Estado na segunda posição de abate no País, atrás apenas de Mato Grosso (21,6%) e à frente de São Paulo (-3,9%).

Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que divulgou nesta quinta-feira os resultados do 4º trimestre e acumulado no ano de 2011 das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais e Produção de Leite, Couro e Ovos.

Em todo o País, em 2011, foram 28,8 milhões de cabeças de gado abatidas, queda de 1,6% em relação a 2010, números que estão atrelados com os elevados preços da carne no mercado interno e o aumento do consumo das carnes de suínos e das aves.

Em relação à produção de leite, a pesquisa trimestral do IBGE aponta que Mato Grosso do Sul registrou queda de 4,8% na produção e influenciou a baixa na região Centro Oeste (-4,4%).

O levantamento também mostra que o abate de frangos e suínos subiu 5,6% e 7,2%, respectivamente, bem como a produção de ovos de galinha (alta 4,3%). Além disto, detalha que a aquisição de couro registrou queda, no entanto, as estatísticas não trazem a descrição do desempenho de Mato Grosso do Sul no período.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions