A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

07/01/2008 08:26

Alimentos puxaram inflação na Capital

Redação

Os alimentos foram o que mais encareceu o custo de vida do campo-grandense no ano de 2008, conforme o IPC (Índice de Preços ao Consumidor), divulgado nesta segunda-feira. De janeiro a dezembro do ano passado os preços dos alimentos saltaram em 8,08%. A inflação, em geral, aumentou 4,1%, dentro da meta do CMN (Conselho Monetário Nacional), que foi de 4,5%.

Depois da alimentação, os principais setores inflacionados foram Educação 5,50%, Vestuário 4,86%, Saúde 4,19% e Despesas Pessoais 2,73%. Para o início deste ano a previsão de é alta, também no setor de alimentos.

"O grupo Alimentação vem apresentando uma tendência de alta no contexto mundial e no Brasil, pelo fato da China, Rússia e Índia, inclusive o Brasil, terem entrado no mercado demandando mais alimentação. Janeiro é um mês tradicionalmente com alta inflação, devido principalmente aos aumentos das mensalidades escolares, do IPTU e do IPVA, preços administrados pelo governo", diz o coordenador do Nepes da Uniderp, que realizou a pesquisa, José Francisco Reis Neto.

Feijão

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions