A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/10/2008 07:41

Alta do dólar afeta comércio da fronteira com o Paraguai

Redação

A alta do dólar, reflexo da crise econômica dos Estados Unidos, tem afetado diretamente o comércio da fronteira.

Com a moeda cotada a R$ 1,90, as lojas que ficam do lado paraguaio da fronteira com Mato Grosso do Sul sentem no caixa a queda das vendas. Já do lado de cá, o comércio de Ponta Porã comemora a valorização da moeda americana.

Vantagem para negociações feitas em reais, que recupera o consumidor brasileiro que comprava no Paraguai e atrai o consumidor do país vizinho.

As vendas no lado brasileiro estão aquecidas e os empresários desenvolvem uma verdadeira corrida para contratar funcionários em praticamente todos os setores, além de formar novos estoques. A informação é do presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio da cidade, Divino José Martins, diretor social da Federação dos Trabalhadores no Comércio de Mato Grosso do Sul.

Ponta Porã conta hoje com cerca de 1.800 funcionários ligados ao comércio e em função dos festejos natalinos o líder sindical acredita que haverá um acréscimo de 20% de funcionários temporários.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions