A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

31/03/2009 09:34

André "briga" para não pagar honorários de precatórios

Redação

"Vou ganhar esta parada", afirma o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB) em relação a mais um capítulo da novela dos precatórios da empresa Camargo Corrêa. Desta vez, o governador reclama do valor cobrado em honorários advocatícios, que somam R$ 62 milhões, segundo informações obtidas junto à PGE (Procuradoria Geral do Estado).

Puccinelli revela que o montante é referente à ação na qual a empreiteira cobrou R$ 627 milhões para construir uma rodovia na década de 80. A proposta do governador era de pagar à empresa R$ 100 milhões, dos quais R$ 15 milhões seriam na entrada e o restante parcelado.

O governador afirma que não foi ontem ao Encontro de Governadores do Centro-Oeste, em Brasília, para resolver este impasse relacionado aos precatórios com a Camargo Corrêa. Ele foi representado pelo vice-governador Murilo Zauit (DEM).

Batalha

Loja terá que pagar indenização por colocar nome de consumidor no SPC e Serasa
Os desembargadores da 5ª Câmara Cível negaram recurso da rede de varejo Casas Bahia contra sentença que a condenou ao pagamento de R$ 7 mil por danos...
Justiça condena empresa telefônica por bloquear linha de cliente
Os desembargadores da 3ª Câmara Cível negaram recurso da companhia telefônica Tim, condenada em primeiro grau a pagar R$ 8 mil a um morador de Três L...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions