A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/11/2009 09:01

André diz que tem dor de cabeça ao pensar no ICMS do gás

Redação

Sem conseguir avanços que resultem no aumento da importação do gás natural boliviano, o governador André Puccinelli (PMDB) reclama que a receita do Estado ainda sofre com a queda de arrecadação no ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

"Não há novidades. Nem me fale que isso dá dor de cabeça", afirmou. O governador relata que em uma das diversas reuniões que tem participado sobre a questão, em Brasília, apelou para a ministra Dilma Roussef.

"Falei com a fada madrinha e perguntei se ela ia me deixar morrer", relata. Contudo, afirma que ainda está à espera de uma resposta.

Puccinelli também denunciou que a Petrobras subfatura o preço do combustível comprado de sua subsidiária TBG, na Bolívia, e recolhe menos ICMS que o devido.

A manobra consistiria no enquadramento indevido do maior volume importado na faixa de menor valor de compra.

Nesta terça-feira, Puccinelli participou da entrega de 200 geladeiras do programa Eficiência Energética, na Vila Marly.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions