A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018

29/07/2009 07:53

Arrecadação de IPTU cresceu 33,5% no primeiro semestre

Redação

Impulsionada pela regularização de débitos através do Refis, lançado no fim do ano passado pela Prefeitura, a arrecadação de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em Campo Grande aumentou em 33,5% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, conforme mostra o relatório resumido da execução orçamentária publicado nesta quarta-feira no Diogrande.

São R$ 89.885.462,44 recolhidos contra R$ 67.331.439, 97 de janeiro a junho do ano passado. Em relação aos valores lançados relativos ao exercício de 2009, o secretário de Finanças, Paulo Nahas, afirma que a previsão é encerrar o ano com aumento de 9% a 10%.

Porém, ao montante recolhido se somam também as pendências regularizadas no programa de recuperação de crédito e o aumento dos pagamentos à vista, que ocorre todos os anos. "Temos o maior desconto do País, de 20% para pagamento à vista. Nenhuma operação financeira chega nem perto disso. Estive em uma reunião de secretários em Brasília e a Capital que dá mais descontos, atrás da gente, é Curitiba, de 7%", afirma Nahas.

Além disso, afirma, a assiduidade é incentivadas com o bônus que em quatro anos chega a 10% e o sorteio de prêmios entre os contribuintes que estão em dia.

A arrecadação do ISS (Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza) também aumentou no primeiro semestre, em 6,49%, de R$ 50,74 milhões a R$ 54,04 milhões.

Nahas afirma que a expectativa também é positiva em relação ao PPJ (Programa pagamento de débitos judiciais) iniciado no dia 15 de julho. Ele afirma que não há balanço parcial de valores negociados, mas diz que a média de atendimentos ao dia chega 400 pessoas.

Setor imobiliário

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions