A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/08/2012 14:31

Arrecadação federal caiu 8,34% em MS, chegando a R$ 348 milhões

Gabriel Neris

A arrecadação federal no mês de julho de 2012 em Mato Grosso do Sul foi de R$ 348,2 milhões. Houve queda 8,34% em relação à arrecadação alcançada no mesmo período do ano passado.

Em 2011, foram arrecadados R$ 379,9 milhões, uma diferença de R$ 31,6 milhões.

A Receita divulgou hoje que a arrecadação alcançou valor de R$ 169.945.708,00, representando queda de R$ 50.370,00 em relação ao mês de julho de 2011. Já a arrecadação de receitas previdenciárias somou R$ 178.351.592,00, tendo aumento de R$ 18.354.068,00 em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Os setores econômicos que mais contribuíram para o decréscimo da arrecadação fazendária em Mato Grosso do Sul, no mês de julho de 2012, foram eletricidade, gás e outras utilidades com decréscimo de 6,7 milhões, extração de minerais metálicos com decréscimo de 5,6 milhões, e construção de edifícios com 3 milhões.

Os setores econômicos que mais contribuíram para o incremento da arrecadação previdenciária foram construção com 2,5 milhões, varejista com acréscimo de 1,4 milhões, exceto veículo automotor, motos e motonetas, e saúde e serviços sociais com 1,3 milhões.

De acordo com a Receita Federal, os tributos e contribuições que mais contribuíram para o decréscimo da arrecadação em julho foram a COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), com queda de 6,1 milhões, IRPJ (Imposto de Renda para Pessoas Jurídicas), com decréscimo de 2,8 milhões, e o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), com decréscimo de 2,8 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions