A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/08/2013 08:10

Até 2015, Campo Grande deverá ter mais três novos shoppings

Lidiane Kober
Área foi totalmente demolida para a construção do novo shopping no centro (Foto: Marcos Ermínio)Área foi totalmente demolida para a construção do novo shopping no centro (Foto: Marcos Ermínio)

Campo Grande deverá contar com três novos shoppings até 2015. Um deles será construído na região das Moreninhas, outro, no Bairro Rita Viera e um último na Avenida Calógeras, no centro da Capital. Os empreendimentos levarão em conta as características de cada região e contarão com salas de cinemas a tradicionais redes de lojas e hipermercados.

As negociações começaram na gestão do ex-vice-prefeito Edil Albuquerque (PMDB) a frente da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio). “Quando estava na pasta, dois investidores individuais me procuraram para articular a construção dos empreendimentos na Avenida Três Barras e nas Moreninhas”, contou. “E o grupo Saad (Empreendimentos Imobiliários Ltda) já tem terreno no centro da cidade para levantar outro shopping”, emendou.

Autor da ideia de abrir o empreendimento na região das Moreninhas, o empresário Anagildes Caetano de Oliveira mantém a intenção e adiantou algumas atrações do local. “Grandes redes, como o Comper, Anita Calçados, Studio Z, Multicasa, uma empresa de cinema com quatro salas e uma loja de games, aderiram ao projeto”, contou.

Segundo ele, o shopping ficará na Rua Fraiburgo, entre a Moreninha I e II. “São 25 mil metros quadrados de área construída e 63 mil metros quadrados de área total, com espaço para mil vagas de estacionamento”, detalhou. Uma filial do Banco do Brasil já estaria operando no local.

O plano do empresário é arrecadar R$ 100 milhões para investir no acabamento do shopping. “Será no estilo moderno, adequado à região”, disse. Ele até contratou uma empresa de São Paulo para realizar pesquisa de mercado a fim de analisar a viabilidade do empreendimento. “Tem mercado”, comemorou.

Anagildes, no entanto, explicou que para o shopping sair do papel é preciso dar fim a invasão de área na frente do terreno. “Cerca de 40 famílias moram lá em baixo de rede de alta tensão”, afirmou. “Em duas ocasiões, estive com o prefeito Alcides Bernal (PP) e ele prometeu remover as famílias”, emendou.

Um loteamento, inclusive, próximo ao local, estaria praticamente pronto para abrigar o grupo. “Isso irá acontecer logo, porque tem projeto de uma avenida passar pelo local, com recurso do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) Mobilidade”, revelou o empresário.

Rita Vieira – Na Avenida Três Barras, outro investidor manifestou a Edil o plano de construir um shopping. “Ele tem um terreno grande lá e o plano inicial era fazer um loteamento de casas, mais o empresário pensou melhor e decidiu investir em um shopping”, contou.

Para Edil, a ideia é viável. “A região tem muito a crescer e precisa, por exemplo, de um grande supermercado”, comentou. O vereador, no entanto, frisou que agora o empresário não está na cidade para dar mais detalhes. “Ele está nos Estados Unidos”, disse.

Na Avenida Calógeras, entre as Ruas Dom Aquino e Cândido Mariano, o grupo Saad preparou terreno para abrigar um shopping de luxo em Campo Grande. As obras, no entanto, estão paradas, depois de os empresários amargurarem prejuízos com o primeiro investimento, no Shopping 26 de Agosto.

Em marco deste ano, o grupo colocou o empreendimento à venda por R$ 50 milhões. De acordo com entrevista concedida na época ao Campo Grande News, o proprietário Rubens Saad atribuiu a decisão ao movimento bem abaixo do esperado.

Na inauguração, em setembro de 2011, 320 das 550 lojas funcionavam no local. Hoje, conforme o proprietário, são cerca de 20 lojas de portas abertas. O centro comercial, localizado no entre as ruas 7 de Setembro, 26 de Agosto a avenida Calógeras, também abriga o Posto de Identificação Central de Campo Grande e uma agência dos Correios.

O Campo Grande News tentou entrar em contato com Saad para saber sobre o novo projeto, mas não obteve retorno. A atual secretária da Sedesc, Dharleng Campos de Oliveira, também não se manifestou sobre os novos empreendimentos. Nesta semana, foi inaugura na Capital o Shopping Bosque dos Ipês, na saída para Cuiabá.



Já ta bom de shopping né!? Ta na hora de construir uma área acessível para shows em Campo Grande, isso sim !
 
Emelyn Godoy em 19/08/2013 08:01:33
Só eu acho que Campo Grande não tem público suficiente pra tantos shoppings? Quando tínhamos só o Campo Grande e o Norte Sul, eles já pareciam meio vazios.
 
Leandro Batista em 19/08/2013 08:00:09
Acho de bom tom, um shopping novo, com grandes lojas e tudo, só esqueceram da saída de Aquidauana, moro na região oeste da cidade aqui não temos nem um mercado decente e nem opção é só o legal e tudo pela hora da morte, estavámos esperando um comper, e saiu na tamandaré com euler,ai fica difícil, até mesmo os moradores da região do santa mônica reclamam por falta de opção, saiu um atacadão mas na duque de caxias e fica bem contramão,onibus não passa perto que saia do terminal da júlio e volta tudo pra cá é muito esquecido, vamos empresários pensar um pouco nesta região. falei

 
Amelia de Castro em 19/08/2013 06:59:28
Na região das moreninhas, o que falta mesmo é a tão sonhada ligação bairro/centro, passando pela avenida guaicurus, senão o transito da rua fraiburgo virará um inferno, após a construção do shopping.
 
GILSON DE OLIVEIRA CANO em 19/08/2013 01:06:56
Esqueceram o Shopping Service que esta vindo por aí...Quanto ao do centro...não conheço nenhum shopping de libaneses que possa ter dado certo.Vide, também, o Marraquesh... Shopping não é somente um prédio cheio de lojas. Trata-se de um sistema filosófico comercial. Para tocar negócios em shopping é preciso que se tenha empresários e não comerciantes.
 
Mauricio Coutinho em 18/08/2013 13:56:49
muito boa ideia ,mas nao podemos acreditar que um grande empreendimento como o bosque dos ipê seja inaugurado inacabado mal sinalizado com acessos perigosos e o estacionamento muito caro e poucas lojas aberta, uma vergonha.
 
marcos pereira em 18/08/2013 10:01:49
4 shoppings. Esqueceram de contar com o outlet no Indubrabril, que tem até 19.06.2015 para ficar pronto, mas a previsão de inauguração é em dezembro de 2014. Viva Campo Grande!!!
 
RODRIGO FERREIRA em 18/08/2013 09:53:29
Muito bom o novo shopping em nossa região, mas é bom lembrar, pelo comentário que li anteriormente, a via bairro - centro, está em péssimas condições. Isso precisa ser visto pelo nosso prefeito.
 
VERA FRANCA em 18/08/2013 09:27:11
Muito boa iniciativa de novos empreendimentos, traz empregos, beleza e principalmente
a valorização da região, mas tem que ser bem avaliado o nixo de mercado que vão atuar para não acontecer como o shoping 26 de Agosto, que acabou tentando virar um camelódromo melhorado e mal administrado, não deu certo.
 
Victor Antunes em 18/08/2013 08:52:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions