A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

21/01/2010 07:51

BNDES prorroga financiamento com taxas mais baixas

Redação

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) decidiu prorrogar até o dia 29 de junho deste ano o PSI (Programa de Sustentação do Investimento), que tinha vencido no dia 31 de dezembro do ano passado.

O programa financia a produção e a aquisição isolada de máquinas e equipamentos industriais e agrícolas novos de fabricação nacional, tais como ônibus, caminhões, chassis, caminhões-tratores, carretas, cavalos-mecânicos, reboques, semirreboques, tanques, entre outros, bem como o capital de giro associados a esses bens.

Segundo Fábio Fonseca, agente do Posto de Informações do BNDES na Fiems, as linhas de crédito englobadas pelo PSI são Finem, Finame, Finame Leasing, Finame Agrícola e BNDES Automático, sendo que as micro, pequenas e médias empresas podem utilizar o FGI (Fundo Garantidor de Investimentos). No caso das micro, pequenas e médias empresas, o nível de participação pode ser de até 100% dos itens financiáveis, com exceção de financiamento de aeronaves executivas e comerciais, cuja participação será de até 85%.

Para a aquisição de ônibus, chassis e carrocerias para ônibus, caminhões, caminhões-tratores, carretas, cavalos-mecânicos, reboques, semirreboques, chassis e carrocerias para caminhões, carros-fortes e equipamentos especiais adaptáveis a chassis, tais como plataformas, guindastes, betoneiras, compactadores de lixo e tanques, a taxa de juros é fixa de 7% ao ano com prazo total para pagamento em até 96 meses, tendo prazo de carência de três ou seis meses.

Já para a compra de máquinas e equipamentos novos, incluídos agrícolas e conjuntos e sistemas industriais, máquinas-ferramenta, embarcações, aeronaves, vagões e locomotivas ferroviários e metroviários, tratores, colheitadeiras, implementos agrícolas e máquinas rodoviárias e equipamentos para pavimentação a taxa de juro é fixa de 4,5% ao ano com prazo total para pagamento em até 120 meses com prazo de carência de três a 24 meses para as máquinas e equipamentos e de três a 36 meses para as máquinas e equipamentos cujo valor da operação de financiamento seja superior a R$ 100 milhões e destinada à aquisição de bens de capital. (Com informações da assessoria de imprensa).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions