A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/01/2010 07:51

BNDES prorroga financiamento com taxas mais baixas

Redação

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) decidiu prorrogar até o dia 29 de junho deste ano o PSI (Programa de Sustentação do Investimento), que tinha vencido no dia 31 de dezembro do ano passado.

O programa financia a produção e a aquisição isolada de máquinas e equipamentos industriais e agrícolas novos de fabricação nacional, tais como ônibus, caminhões, chassis, caminhões-tratores, carretas, cavalos-mecânicos, reboques, semirreboques, tanques, entre outros, bem como o capital de giro associados a esses bens.

Segundo Fábio Fonseca, agente do Posto de Informações do BNDES na Fiems, as linhas de crédito englobadas pelo PSI são Finem, Finame, Finame Leasing, Finame Agrícola e BNDES Automático, sendo que as micro, pequenas e médias empresas podem utilizar o FGI (Fundo Garantidor de Investimentos). No caso das micro, pequenas e médias empresas, o nível de participação pode ser de até 100% dos itens financiáveis, com exceção de financiamento de aeronaves executivas e comerciais, cuja participação será de até 85%.

Para a aquisição de ônibus, chassis e carrocerias para ônibus, caminhões, caminhões-tratores, carretas, cavalos-mecânicos, reboques, semirreboques, chassis e carrocerias para caminhões, carros-fortes e equipamentos especiais adaptáveis a chassis, tais como plataformas, guindastes, betoneiras, compactadores de lixo e tanques, a taxa de juros é fixa de 7% ao ano com prazo total para pagamento em até 96 meses, tendo prazo de carência de três ou seis meses.

Já para a compra de máquinas e equipamentos novos, incluídos agrícolas e conjuntos e sistemas industriais, máquinas-ferramenta, embarcações, aeronaves, vagões e locomotivas ferroviários e metroviários, tratores, colheitadeiras, implementos agrícolas e máquinas rodoviárias e equipamentos para pavimentação a taxa de juro é fixa de 4,5% ao ano com prazo total para pagamento em até 120 meses com prazo de carência de três a 24 meses para as máquinas e equipamentos e de três a 36 meses para as máquinas e equipamentos cujo valor da operação de financiamento seja superior a R$ 100 milhões e destinada à aquisição de bens de capital. (Com informações da assessoria de imprensa).

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions