A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

10/03/2011 16:16

Chuvas elevam o leito do Rio Verde e paralisam obras da Usina São Domingos

Paula Vitorino

Situação deve ser normalizada em cinco dias. (Foto: Divulgação)Situação deve ser normalizada em cinco dias. (Foto: Divulgação)

As fortes chuvas que atingem o Mato Grosso do Sul de forma contínua desde o dia 27 de fevereiro obrigaram a paralisação temporária das obras da Usina Hidrelétrica São Domingos, em Água Clara - a 250 km de Campo Grande.

A paralisação foi necessária após o temporal do último sábado (5), que elevou o leito do rio Verde em 3 metros e obrigou a interdição da ponte de acesso às duas margens do Canteiro de Obras por questões de segurança.

Os trabalhos também estão paralisados na Casa de Força e a concretagem do Vertedouro foi suspensa.

Segundo o engenheiro residente, André Batistela, a situação deve ser normalizada em no máximo cinco dias, com o escoamento da água, caso as chuvas dêem uma trégua.

O engenheiro também garante que o andamento da obra não foi comprometido porque outras frentes de serviço continuam em andamento.

A previsão é de que em 10 dias se recomece a construção da barragem da margem oposta da obra, juntamente com o desvio do leito do Rio Verde. Com o desvio, o curso do rio passará a ser somente pelas galerias na parte inferior do Vertedouro, voltando ao leito principal, logo abaixo da barragem.

O Canteiro de obras da Usina Hidrelétrica abriga cerca de mil trabalhadores, devendo chegar a 1.400 até o final do mês de abril, com mais cerca de 200 trabalhadores rotativos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions