A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

12/12/2013 18:29

Com 24 mil dívidas quitadas, campanha aumenta 40% no número de negociações

Mariana Lopes
18 mil consumidores devem limpar o nome neste final de ano (Foto: Simão Nogueira)18 mil consumidores devem limpar o nome neste final de ano (Foto: Simão Nogueira)

Em pouco mais de um mês, 40 mil dívidas foram quitadas no banco de dados do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o que representa um aumento de 40% de negociações em ralação ao mesmo período do ano passado, de novembro a dezembro.

De acordo com o diretor da Acicg (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Renato Paniago, o número representa, aproximadamente, 18 mil consumidores campo-grandenses que regularizaram suas dívidas na praça durante a campanha Nome Limpo, que iniciou no dia 1 de novembro e encerra amanhã (13).

A intenção da campanha é negociar pelo menos R$ 5 milhões das dívidas registradas no banco do SCPC, que atualmente soma R$ 90.795.596,84, valor que representa 126.090 pessoas inadimplentes.

Com mais nome limpo no mercado, Renato Paniago acredita em um aumento do fluxo de vendas no comércio. “São mais consumidores aptos a abrir crédito, então apostamos em um crescimento de 5 a 6,5%”, ressalta o diretor da Acicg.

Para o eletricista Wagner Quirino Rebeiro, 26 anos, a campanha valeu para ajudá-lo a negociar uma dívida que tinha com o banco. “Foi mais simples do que imaginei, o Procon entrou em contato com o banco e na hora já tiraram meu nome do SCPC”, conta.

O que ocorreu com Wagner é que a agência cobrava uma taxa indevida. Através do Nome Limpo, que conta com o empenho de 150 empresas, ele conseguiu voltar a ter crédito.

Com uma dívida alta para pagar, a costureira Luzia Maria de Santana, 38 anos, não tinha conhecimento da campanha. “Vim ver como estava minha situação, porque pretendo negociar, e soube da facilidade em fazer acordo através da campanha, então vou aproveitar”, comenta Luzia.

Segundo Renato Paniago, outro fator que deve contribuir com o aumento de negociações e também de vendas é o adiantamento do 13º salário dos servidores públicos. "A expectativa é de que sejam injetados na economia da Capital neste final de ano um montante de mais de R$ 100 milhões", pontua.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions