ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  20    CAMPO GRANDE 28º

Economia

Com alta demanda, preços de repelentes chegam a variar até 124,28%

O item da mesma marca e mesmo tamanho, foi encontrado com diferença de R$22,11

Por Geniffer Valeriano | 26/02/2024 17:29
Equipe do Procon Municipal em fármacia (Foto: Divulgação)
Equipe do Procon Municipal em fármacia (Foto: Divulgação)

Com repelentes sendo vendidos por quase R$ 73, pesquisa do Procon  Municipal revela que preço dos produtos sofrem variação de e 124,28%. O levantamento foi realizado em oito farmácias da Capital, entre os dias 22 e 23 de fevereiro.

“O aumento nos preços tem sido uma preocupação para os consumidores, especialmente em meio ao cenário de crescimento dos casos de dengue, aumentando a necessidade de proteção contra as doenças transmitidas pelo mosquito”, ressalta o subsecretário do Procon Municipal de Campo Grande, José da Costa Neto.

Ao todo 35 produtos foram pesquisados, sendo encontrados a partir de R$ 11,99 até a R$ 72,90. Os itens do levantamento possuem de 100 a 200 ml. A maior variação de preço foi encontrada no repelente SBP Advance Spray (icaridina) de 100 ml. Na farmácia Preço Popular o item era vendido por R$ 17,79, enquanto na Drogasil foi encontrado R$ 22,11 mais caro, sendo comercializado por R$ 39,90.

Outro que apresentou grande variação foi o repelente Repelex Spray de 100 ml. O item podia ser comprado por R$ 15,99, na farmácia Pague Menos, até R$ 29,90, na Drogaria Freire. Com R$ 14 de diferença entre o maior e menor valor, o preço do produto sofreu variação de 86,99%.

Os maiores preços foram observados nas linhas infantis. O Produto Exposis Spray Extreme Infantil e Gel de 100 ml e 117ml, foi encontrado com preços que variavam de R$ 56,99 a R$ 72,90.

 Veja abaixo a lista completa de produtos e preços encontrados pelo Procon Municipal:


Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias