A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

31/08/2014 16:28

Com investimento acima de R$ 60 mil, 9 marcas buscam franqueados em MS

Priscilla Peres
Empresa de consultoria cadastros interessados nas marcas durante a Feira do Empreendedor. (Foto: Afranio Pissini/Sebrae MS)Empresa de consultoria cadastros interessados nas marcas durante a Feira do Empreendedor. (Foto: Afranio Pissini/Sebrae MS)

Com potencial de consumo em alta, Campo Grande tem atraído empresas de todo o país que querem abrir suas portas para o público daqui. Durante a Feira do Empreendedor,encerrada no fim de semana, nove franquias nacionais demonstraram interesse em encontrar empreendedores que queiram se tornar franqueados.

A Ba Stockler é a empresa de consultoria responsável por viabilizar a vinda dessas empresas para Campo Grande e durante a feira cadastrou mais de 100 pessoas que demonstraram vontade de abrir uma franquia. "Foi a nossa primeira participação no Estado e o resultado superou nossas expectativas. Esperamos ter uma sequencia nesse processo com os candidatos", explica Guilherme S. Duarte, consultor de Expansão.

O investimento para quem quer ser um franqueado começa em R$ 60 mil e vai até R$ 1,2 milhão, dependendo da marca. As nove empresas são: Zupy (guia completo e atualizado de empresas na web), Açaíberry (alimentos à base de Açaí), UW Casa das Cuecas (marca de roupas masculinas), NOW Nutrição esportiva (suplementos alimentares), UV.Line (roupas e acessórios com tecnologia de proteção aos raios UV), Rizzo Gourmet (restaurante de cozinha moderna), Burger + (hamburgueria), Devassa (bar) e Pocket Beauty (salão de beleza em container).

Após fazer o cadastro dos interessados durante a Feira do Empreendedor, agora a Ba Stockler começa o processo de aproximação, por meio do envio de e-mails e contato telefônico. "Neste etapa, procuramos sanar mais duvidas dos candidatos acerca do negócio e da marca, bem como já procuramos identificar o perfil destas pessoas para saber se é compatível com o perfil adequado", explica Guilherme.

Se houver compatibilidade de perfis, é agendada uma reunião para apresentar uma unidade piloto e também de entrega da COF (Circular de Oferta de Franquia) que é um documento onde constam todas as informações sobre a empresa franqueadora e negócio em si.

Franqueadora - Durante a Feira do Empreendedor, seis empresas de Campo Grande demonstraram interesse em tornar seu negócio em franquia. A Ba Stockler realiza esse processo, adequando uma empresa ao sistema.

"O próximo passo é uma reunião para falarmos sobre a empresa e então fazemos uma de Análise de Franqueabilidade para saber se este negócio é franqueável", destaca o consultor. A análise é para saber se o negócio é rentável para franqueador e franqueado, "pois franquia é baseada em uma relação de ganha-ganha".




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions