A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

04/06/2019 16:23

Comércio de MS espera 174 milhões em compras no Dia dos Namorados

No entanto, preço médio do presente será R$ 139,26, 8,58% menos que ano passado

Mayara Bueno
Vitrines no centro da cidade estão preparadas para o Dia dos Namorados. (Foto: Kísie Ainoã).Vitrines no centro da cidade estão "preparadas" para o Dia dos Namorados. (Foto: Kísie Ainoã).

O comércio de Mato Grosso do Sul vai receber R$ 174,25 milhões e o preço médio do presente dos apaixonados será R$ 139,26, estima o IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio-MS) que elaborou pesquisa de intenção do Dia dos Namorados de 2019. Os números foram divulgados nesta terça-feira (dia 4).

A estimativa do dinheiro que vai circular representa 15,55% a mais que 2018. Contudo, o preço médio dos presentes caiu 8,58% se for comparar os dois anos. Somando as comemorações que envolvem a data, o consumidor está disposto a gastar R$ 140,82, o que representa 16,44% menos.

Segunda a pesquisa, mais pessoas estão namorando em 2019, portanto, o público que compra e comemora a data se eleva. Compõem 64,65% as pessoas que vão procurar os melhores preços antes de escolher o presente ideal e 19,55% dos entrevistados vão comprar o que os parceiros desejam, independentemente dos valores.

Do público consultado, 25,31% vão olhar primeiro para o produto, 24,26%, o preço, e 16,34% o atendimento. A preferência entre os itens será por roupa, 24,27%, 18,15% escolhem perfumes/cosméticos e 7,54%, acessórios. No entanto, 12,10% estão em dúvida.

As lojas do centro da cidade formam a preferência de 46% das pessoas que namoram, na hora de escolher o presente. Outros 19% vão optar por um dos três shoppings centers da cidade e 14% arrematarão as escolhas pela internet.

Dos consultados, 29% vão celebrar o dia 12 de junho em locais românticos e 10% preferem um lugar tradicional, como restaurantes. Outros 14% ainda não decidiram e 16% vão decidir baseados nos valores que serão cobrados.

O levantamento coloca Corumbá, Ladário e Três Lagoas como cidades com queda de 4% na movimentação, mas não detalha os motivos. O melhor resultado é esperado em Campo Grande, cujo consumo “praticamente se igualará ao do Dia das Mães”.

Espera-se que o gasto médio com o presente seja R$ 136,39 e sejam movimentados R$ 20.674.619. Em Dourados, a média, conforme a pesquisa, é R$ 133,45% e, no total, o Dia dos Namorados renda R$ 8.062.515.

Foram ouvidas 1.420 pessoas que responderam questionários com perguntas abertas e fechadas, no levantamento feito entre 1º e 24 de maio.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions