A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/12/2008 07:57

Corumbá lidera, à distância, as exportações de MS

Redação

Com negócios de US$ 447.939.510, o município de Corumbá, a 426 quilômetros de Campo Grade, lidera, à distância, as exportações de Mato Grosso do Sul de janeiro a novembro deste ano, segundo os dados detalhados da balança comercial, divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento Econômico. Neste ano as exportações do município, puxadas pelas mineradoras, cresceram 400%.

Os minérios de ferro e manganês representam cerca de 80% de tudo o que o município vendeu para o mercado externo. A Argentina foi o País que mais comprou os produtos de Corumbá: US$ 200.579.927, seguida dos Estados Unidos (US$ 75.004.278) e da França (41.726.520). Corumbá é também o maior município importador, porque é por lá que entra o gás boliviano. Comprou de janeiro a novembro deste ano US$ 2,1 bilhões em gás.

Depois, o município que mais exporta é Dourados. Foram US$ 280.678.532 em 11 meses. A soja em grãos responde por 31,29% e as aves 25%. Outros 29,6% são do óleo e bagaço de soja. A China é o principal destino dos produtos douradenses, respondeu por 23,59% do valor das exportações.

Campo Grande aparece em terceiro no ranking. A Capital fechou negócios de 224.938.708 com outros Países, sendo 35,45% em carnes bovina desossada, quase 30% em couros, além de óleo de soja e carnes refrigeradas. Os principais negócios da Capital foram fechados com a Rússia (18,99%), China (13,4%) e República Islâmica (11,47%).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions