A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

10/09/2019 19:03

De última hora, 2,7 mil contribuintes renegociam Refis

Expectativa do Município era arrecadar R$ 30 milhões

Tainá Jara
Mesmo com fechamento das portas da central do IPTU, às 18h, pessoas ainda aguardavam para negociar dívidas com o Município (Foto: Paulo Francis)Mesmo com fechamento das portas da central do IPTU, às 18h, pessoas ainda aguardavam para negociar dívidas com o Município (Foto: Paulo Francis)

A negociação de impostos ficou para última hora para 2,7 mil contribuintes de Campo Grande. Este foi o número de atendimentos realizados nesta terça-feira, dia em que encerra o PPI (Programa de Pagamento Antecipado), mais conhecido como Refis, realizado pelo Município e, 2019.

O objetivo era arrecadar R$ 30 milhões até o prazo final da campanha de negociação. Até ontem, a Sefin (Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças) tinha arrecadado R$ 28,606 milhões.

Quem esticou o prazo ao máximo não necessariamente é desorganizado. A justificativa de muitos era a possibilidade de juntar dinheiro para fazer a negociação a vista. A servidora municipal Liliane Lopes, 35 anos, afirma que a estratégia rendeu desconto de 90% nos juros do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). A dívida era R$ 1.600 e ficou em R$ 900. Foram mais de duas horas até conseguir o atendimento. “Eu estava esperando o pagamento deste mês sair, por isto deixei para o final”.

O aposentado Luis Maeoca, 60 anos, juntou tudo que foi possível, mas, até às 18h, momento em que as portas da Central do IPTU fecharam, ainda não tinha certeza se teria dinheiro suficiente para negociar sua dívida. “Nesse período de prorrogação deu para pegar Pis, FGTS e ainda a primeira parcela do 13° salário”, explicou.

Além da central de atendimento, tenda foi montada no estacionamento do Paço Municipal, localizado na Avenida Afonso Pena, para agilizar os atendimentos. Pelo menos 600 pessoas foram atendidas apenas nesta estrutura.

Refis – Prorrogado pela Câmara Municipal até esta terça-feira, o Refis arrecadou, até segunda-feira, R$ 28,606 milhões. No último dia da primeira fase do programa, no dia 12 de agosto, a administração municipal renegociou R$ 7 milhões em dívidas e atingiu total de R$ 21,7 milhões arrecadados em 40 dias. A meta inicial era de R$ 12 milhões.

Condições - O Executivo municipal concedeu até 90% de desconto nos juros e multas para o pagamento das dívidas tributárias. O débito pode ser pago de forma parcelada. Quem optou por pagar em seis meses, teve 75% de desconto e em 12 vezes, 30% de abatimento nos juros.

O Refis abrange todos os tributos cobrados pelo município – ISS (Imposto sobre Serviços), ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Móveis) e principalmente o IPTU.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions