A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/06/2011 12:37

Deputados aprovam nova legislação de incentivos fiscais para o MS

Ítalo Milhomem

Em pouco mais de meia hora, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta manhã, uma nova legislação de incentivos fiscais para Mato Grosso do Sul, em substituição à que teve itens derrubados pelo STF(Supremo Tribunal Federal), no começo do mês.

Foram feitas duas sessões,uma ordinária e uma extraordinária para aprovação de dois projetos. Um, de emenda à constituição, transforma o CDI(Conselho de Desenvolvimento Industrial)em Fundo Deliberativo do Programa Estadual de Desenvolvimento Industrial) de Mato Grosso do Sul, órgão responsável por conceder os benefícios fiscais.

A outra proposta, de lei, estabelece a política fiscal, mantendo a possibilidade de redução da carga tributária para atrair empresas para o Estado.

Repercussão-O projeto passou pela CCJR (Comissão de Constituição Justiça e Redação)por unanimidade,com apoio dos deputados petistas que fazem parte da oposição.

Segundo o deputado Marquinhos Trad (PMBD), que compõem a CCJR, o projeto atendeu todas as recomendações do STF, se enquadrando tanto com as normas do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária)como com a Constituição Federal.

O deputado Paulo Duarte (PT) afirmou que está de acordo com a lei, porque é a única forma de manter os benefícios fiscais para empresas que querem investir no Estado, de modo que o Mato Grosso do Sul não seja prejudicado em relação aos demais Estados, que exercem a mesma política de isenção tributária.

O peemedebista Eduardo Rocha seguiu a mesma linha ao analisar o projeto. Para o deputado, o governo do Estado e a Assembleia agiram rápido em defesa dos argumentos legais para manutenção dos empregos e dos investimentos em Mato Grosso do Sul.

“O projeto de lei se enquadrou nas resoluções do Confaz e todo os benefícios fiscais serão mantidos”, afirmou Rocha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions