ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  20    CAMPO GRANDE 28º

Economia

Desenrola já renegociou R$ 25 milhões em dívidas só em Mato Grosso do Sul

Foram 68.728 contratos em nome de 31.436 pessoas; do valor total, R$ 4,4 milhões foram pagos à vista

Por Lucia Morel | 21/02/2024 15:47
Pessoas aguardando em fila de agência onde ocorria mutirão do Desenrola (Foto: Paulo Francis)
Pessoas aguardando em fila de agência onde ocorria mutirão do Desenrola (Foto: Paulo Francis)

Prestes a chegar ao fim (renegociações vão até 30 de março), o programa Desenrola do Governo Federal negociou R$ 25 milhões em Mato Grosso do Sul. Foram 68.728 contratos em nome de 31.436 pessoas. Do valor total, R$ 4,4 milhões foram pagos à vista e o restante, R$ 20,5 milhões, de forma parcelada.

As negociações são relativas à faixa 1 programa que contempla pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico (Cadastro Único de Programa Sociais) e engloba dívidas negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022 que não ultrapassem o valor de R$ 20 mil cada.

As dívidas renegociadas foram financeiras (produtos e serviços bancários) e não financeiras (lojas, empresas de luz, telefonia, etc.). A renegociação foi feita entre 9 de outubro de 2023 e 18 de fevereiro deste ano.

Para se ter uma ideia, em Mato Grosso do Sul, segundo o Ministério da Fazenda, os débitos somavam R$ 159,4 milhões, mas diante dos ajustes oferecidos com os descontos, o total devido caiu para os R$ 25 milhões negociados.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Capital – Campo Grande está entre as 30 cidades com maior volume de negociações no Brasil. Na capital sul-mato-grossense, mais de 16,8 mil pessoas se beneficiaram do programa, em um volume de R$ 13,5 milhões negociados em mais de 38,8 mil contratos.

Brasil – Levando em conta o Desenrola Brasil como um todo, 12 milhões de pessoas já foram beneficiadas desde julho do ano passado, o que propiciou um volume de R$ 35 bilhões renegociados, referentes a 17 milhões de dívidas, considerando todas as faixas e as negociações feitas diretamente com bancos e pela plataforma.

Os descontos médios são de 83%, com alguns casos chegando a 96%, com pagamento à vista ou parcelado sem entrada e até 60 meses para pagar. As negociações estão disponíveis até o dia 31 de março para a Faixa 1 do programa, realizada pelo meio do site oficial.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias