ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 14º

Economia

Dia das Mães prevê movimentar R$ 478,8 milhões em MS

O montante é 7% menor do que o ano passado, quando foram registrados R$ 431,01 milhões

Por Izabela Cavalcanti | 15/04/2024 11:12
Vitrine de loja no Centro, decorada para o Dia das Mães (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Vitrine de loja no Centro, decorada para o Dia das Mães (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

O Dia das Mães este ano, comemorado no segundo domingo de maio, dia 12, deve movimentar financeiramente R$ 478,82 milhões em Mato Grosso do Sul. O montante é 7% menor do que o ano passado, quando foram registrados R$ 431,01 milhões.

Somente em presentes, o previsto é que os consumidores do Estado gastem o total de R$ 223,9 milhões, com gasto médio de R$ 211,79. Já em comemorações, R$ 254,93 milhões com gasto médio de R$ 219,22.

Em Campo Grande, a previsão é de gasto total de R$ 145,7 milhões, entre presentes e comemorações.

Na pesquisa divulgada pelo IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS), 39,97% levam em consideração a escolha da mãe; e 39,91% a qualidade do produto.

“Os números mostram que os consumidores estão mais comedidos, ficando uma movimentação um pouco menor que ano passado, devido a previsão dos gastos médios com presentes e comemorações menores, considerando o valor real. Já o percentual de pessoas que irão comprar presentes ficou um pouco maior e isso é positivo”, explica a economista do IPF-MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Sobre o que pretendem comprar, 29% querem dar roupas; 26% perfumes e cosméticos; 18% calçados; 12% bolsas e acessórios; e 10% flores.

Em relação ao local de compra, 87,26% preferem presencial em loja física; 6,76% de uma loja física. A maioria (65,10%) pretende comprar no Centro; e 15,72% nos bairros.

No momento da compra, o principal atrativo é a maneira do atendimento para 12%; à vista com desconto para 77%; e parcelamento para 34%.

O levantamento mostra ainda que para 59,93% a expectativa para a data está igual ao ano passado; para 20,51% está pior; e para 19,56% está melhor que 2023.

A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 8 de abril, em Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Coxim, Bonito e Corumbá/Ladário e Três Lagoas. Foram entrevistadas 1.994 pessoas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias