ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 17º

Economia

Dia dos Namorados deve movimentar mais de R$ 220 milhões no comércio de MS

Pesquisa indica queda nos valores gastos com presentes e comemorações em comparação ao último ano

Por Ana Oshiro | 20/05/2022 10:38
Homem observando vitrine de loja no Centro de Campo Grande. (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)
Homem observando vitrine de loja no Centro de Campo Grande. (Foto: Arquivo/Marcos Maluf)

Divulgada nesta sexta-feira (20), a pesquisa de intenção de consumo e comemorações para o Dia dos Namorados 2022, elaborada em parceria pelo IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS) e o Sebrae-MS, aponta que neste ano, a data deve movimentar R$ 227,65 milhões no comércio de Mato Grosso do Sul.

Segundo o levantamento, a data dos apaixonados vai movimentar cerca de 15,5% menos do que em 2021, tanto em relação ao valor gasto com presentes quanto com as comemorações. “Atribuímos essa redução ao momento econômico atual. O consumidor está com o poder de compra reduzido e, com isso, opta por gastar menos.”, explica a economista do IPF-MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Apenas 14% dos entrevistados devem dar flores de presente. (Foto: Arquivo/Kisie Ainoã)
Apenas 14% dos entrevistados devem dar flores de presente. (Foto: Arquivo/Kisie Ainoã)

Entre as cidades de MS pesquisadas, a população da região de Corumbá e Ladário é a que mais deve gastar com os presentes, com valor médio de R$ 215,61. No geral, o preço investido em presentes será de R$ 200,67 no Estado. Roupas, perfumes e cosméticos são as preferências para presentear quem se ama e, ao todo, deve ser injetado R$ 135,33 milhões na economia de MS.

O presidente do IPF/MS, Edison Araújo, orienta aos empresários para prepararem as equipes, vitrines e combos especiais que chamem a atenção dos consumidores e que fiquem atentos às prioridades de quem vai às compras. “A pesquisa revela que 60% dos consumidores pretendem comprar à vista e com desconto, isso será um chamariz para quem quer atrair o cliente, além do atendimento, que é outra prioridade do consumidor”, afirma.

Comemorações – Já para celebrar o amor, a maioria dos casais (45%) respondeu que irá em restaurantes, a segunda opção foi preparar a comemoração em casa (30%). O gasto médio com as comemorações do dia 12 de junho será de até R$ 184,92.

“Em relação às comemorações, percebemos que a prioridade é ir aos restaurantes ou fazer a alimentação em casa, então é importante que o empresário da gastronomia esteja atento às possibilidades do período e divulgue seus cardápios para esse dia, comunicando seus clientes, para fazer suas reservas com antecedência”, explica a economista do Sebrae MS, Vanessa Schmidt.

Confira a pesquisa na íntegra clicando aqui.

Assim como em 2021, neste ano, maioria dos casais deve comemorar data em restaurantes. (Foto: Arquivo/Kisie Ainoã)
Assim como em 2021, neste ano, maioria dos casais deve comemorar data em restaurantes. (Foto: Arquivo/Kisie Ainoã)


Nos siga no Google Notícias