ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  10    CAMPO GRANDE 26º

Economia

"Dia sem Imposto" tem fila que dobra quarteirão e gasolina 38% mais barata

Carros começaram a chegar de madrugada ao posto localizado no cruzamento da Marcelino Pires com Hayel Bon Faker

Por Helio de Freitas, de Dourados | 04/06/2020 09:54
Fila de carros para abastecer passa em frente ao posto e dobra quarteirão, no centro de Dourados (Foto: Helio de Freitas)
Fila de carros para abastecer passa em frente ao posto e dobra quarteirão, no centro de Dourados (Foto: Helio de Freitas)

Desde a madrugada desta quinta-feira (4), motoristas fazem fila no centro de Dourados, a 233 km de Campo Grande, para abastecer o carro com gasolina 38% mais barata. No único posto da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul que aderiu ao Dia Livre de Imposto, o litro do combustível é vendido por R$ 2,50, valor 38% menor que o preço médio da gasolina em Dourados, R$ 4,03, apontado em pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo), feita no final de maio.

A fila de carros tem pelo menos 400 metros e provoca confusão no trânsito no ponto mais movimentado da cidade, o cruzamento da Avenida Marcelino Pires com a Rua Hayel Bom Faker.

Os carros começaram a chegar ao local de madrugada. A fila é tão grande que passa em frente ao posto e dá a volta no quarteirão. Equipes da Polícia Militar e agentes de trânsito orientam os motoristas.

Em Dourados, a ação de conscientização sobre as altas taxas tributárias cobradas no Brasil foi organizada pela DCL (Câmara de Dirigentes Lojistas), em parceria com a FCDL MS (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul).

O posto localizado no cruzamento da Marcelino com a Hayel colocou cinco mil litros de gasolina para serem vendidos sem impostos. O limite é de 20 litros por carro. “Na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, assim como na Capital, os empresários sofrem com tantos tributos. Valores altos da carga tributária, que dificultam o crescimento e o desenvolvimento de todos os setores”, afirmou a presidente da FCDL MS, Inês Conceição Santiago.

O presidente da CDL Dourados, Giovani Dal Molin, disse que todas as medidas preventivas referentes ao período de pandemia foram adotadas. “As pessoas ficam em seus veículos, de forma organizada, sempre usando as máscaras e seguindo todas as orientações que evitam o contágio da covid-19”, garantiu.

Na fila de carros, no entanto, é possível perceber que nem todos os motoristas usam máscara. Em Dourados, o uso obrigatório de máscara nas ruas e em locais de concentração pública foi aprovado pela Câmara, mas ainda não foi sancionado pela prefeitura.

Policiais militares e agentes de trânsito orientam motoristas (Foto: Helio de Freitas)
Policiais militares e agentes de trânsito orientam motoristas (Foto: Helio de Freitas)