ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 23º

Economia

Dia sem impostos é marcado por frio e baixa procura dos produtos

Quando é tirado os impostos dos produtos, a diferença pode ser de até R$ 40

Por Kamila Alcântara | 25/05/2024 13:59
Loja vazia em Dia D sem impostos (Foto: Alex Machado)
Loja vazia em Dia D sem impostos (Foto: Alex Machado)

O último dia do Feirão do Imposto foi de baixa procura dos consumidores, que os vendedores acreditam que seja por causa do frio, registrado neste sábado (25). Promovido pela Associação Comercial de Campo Grande, 17 estabelecimentos comerciais e oito farmácias aderiram a campanha.

Para conferir a movimentação, o Campo Grande News visitou o Pátio Central Shopping, onde as lojas que aderiram ao dia sem impostos estão identificadas por adesivos na vitrine. Em um de sapatos, a gerente disse que é comum em dias mais frios o comércio ficar mais parado.

"A campanha é interessante para nós e para os clientes, mas estamos no fim do mês e em um fim de semana frio, é esperado que a procura diminua. De qualquer forma, temos sapatos de R$ 179 por R$ 159, que mostra a influência dos impostos sobre o que vendemos", compartilha a gerente Luciene Pereira, de 42 anos.

Luciene Pereira mostra a diferença dos preços em dia sem impostos (Foto: Alex Machado)
Luciene Pereira mostra a diferença dos preços em dia sem impostos (Foto: Alex Machado)

Responsável por uma loja de acessórios há 6 anos, Karla Mesquita tem produtos R$ 40 mais baratos. "Campo-grandense não sai de casa quando chove, imagina quando esfria? Mas o importante é vender e mostrar o impacto dos impostos em tudo que consumimos", disse.

Por outro lado, a vendedora Cristina Miguel, de 45 anos, acredita que os dias mais frios ajudam a "selecionar" melhor os clientes. "Em dias assim eu considero até mais eficiente, pois as pessoas que saem de casa para comprar de verdade, investem", avalia.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias