A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

03/12/2010 17:40

Em 2010, Receita Federal recolheu R$ 81 milhões em produtos piratas em MS

Jorge Almoas

Maior parte do valor refere-se a apreensão de cigarro contrabandeado

Roupas e cigarros constituem maior parte do contrabando apreendido em MS (Foto: DOF)Roupas e cigarros constituem maior parte do contrabando apreendido em MS (Foto: DOF)

Até novembro deste ano, a Receita Federal em Mato Grosso do Sul recolheu R$ 81 milhões em produtos contrabandeados e descaminhados.

A proximidade com as fronteiras do Paraguai e Bolívia, além do dólar baixo – o que estimula as compras no exterior – pode fazer o valor das apreensões bater recorde em 2010.

No ano passado, foram recolhidos R$ 61 milhões em produtos que não tiveram o imposto devidamente recolhido.

O dia 3 de dezembro é lembrado como o Dia Nacional de Combate à Pirataria. Contudo, a Receita Federal não vai realizar qualquer ação específica sobre o dia.

“Mantemos uma estrutura de vigilância e repressão a essas práticas de fraude, com o apoio de diversas autoridades policiais”, explica Edson Ishikawa, delegado geral da Receita Federal em Campo Grande, citando o apoio da PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal) e DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

De acordo com Ishikawa, do total do valor apreendido (R$ 81 milhões), cerca de 50% refere-se ao imposto que não foi recolhido. O delegado da Receita diz ainda que a maior parte dos produtos apreendidos é de cigarros contrabandeados do Paraguai.

“Dependendo da região, o produto contrabandeado ou descaminhado muda. Na fronteira com a Bolívia, por exemplo, o foco são as roupas”.

Destruição

A Receita Federal realiza a partir do dia 13 de dezembro a destruicao de 15 carretas de cigarros contrabandeados, uma quantidade próxima de 5 milhões de maços.

Segundo Ishikawa, a destruição é o caminho mais usual dos produtos apreendidos pela Receita Federal. No caso da queima de contrabando, a técnica é feita em caldeiras com filtros ou ainda como compostagem.

Dólar fecha em queda, cotado a R$ 3,71, de olho no cenário eleitoral
O dólar fechou a sexta-feira (19) em queda com o mercado ainda acompanhando o cenário eleitoral. A moeda caiu 0,26%, vendida a R$ 3,7125. Na semana, ...
Preço da gasolina cai 2% nas refinarias a partir de amanhã
A Petrobras anunciou hoje (19), em sua página na internet, que o preço do litro da gasolina ficará 2% mais barato em média nas refinarias de todo o p...
Índice que reajusta aluguel acumula inflação de 10,88% em 12 meses
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, subiu 0,97% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior ao 1...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions