A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/09/2017 08:59

Em crise, JBS abateu 133 mil bovinos a menos este ano em unidades de MS

Osvaldo Júnior
Frigorífico da JBS em Campo Grande; grupo reduziu abates (Foto: Frigorífico da JBS em Campo Grande; grupo reduziu abates (Foto:

A turbulência que agita a holding J&F respinga sobre a produção da JBS em Mato Grosso do Sul. Alvo de operações da Polícia Federal e de CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito), a empresa contabiliza queda expressiva no volume de abates nas unidades do Estado. São 133.433 bovinos a menos abatidos neste ano.

De acordo com dados da SFA/MS (Superintendência Federal de Agricultura em Mato Grosso do Sul), os frigoríficos da JBS em Mato Grosso do Sul – Nova Andradina, Anastácio, Campo Grande, Cassilândia, Naviraí e Ponta Porã – abateram 860.773 bovinos de janeiro a agosto deste ano, 13,42% a menos que nos mesmos meses de 2016 (994.206).

A produção frigorífica sul-mato-grossense reduziu como todo, mas a retração foi muito abaixo do apresentado pela JBS. No total, foram abatidos, de janeiro a agosto, 2,112 milhões de cabeças de gado neste ano, leve recuo de 0,86% em relação ao volume acumulado no mesmo período de 2016 (2,131 milhões de toneladas).

Em termos absolutos, são 18.341 animais a menos neste ano. O número é sete vezes menor que a retração absoluta da JBS (133.433 bovinos). Com isso, a participação da JBS no mercado da carne bovina de Mato Grosso do Sul caiu de 46,65% para 40,74%.

Procurada para falar sobre a queda da produção de carne no Estado, a JBS respondeu que não falará sobre o assunto.

Investigações – Além das cinco operações da Polícia Federal e CPI na Câmara Federal, investigação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul também têm a JBS como alvo. O grupo se tornou nos últimos anos a maior empresa processadora de carne do mundo.

Mesmo com a queda na produção, as exportações da empresa do produtos saídos de Mato Grosso do Sul resultaram em receita de US$ 275,88 milhões de janeiro a agosto deste ano, o segundo maior valor das vendas do Estado.

Na Assembleia, a CPI apura irregularidades em benefícios fiscais e tributários concedidos à JBS em Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions