A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

09/03/2011 13:41

Emprego na indústria representa 21% das vagas formais em MS, diz Fiems

Jorge Almoas

Criação de emprego formal em janeiro deste ano foi o melhor resultado desde 2008

O setor industrial de Mato Grosso do Sul é responsável por 21% das vagas formais de empregos, de acordo com o Radar da Fiems (Federação da Industria de Mato Grosso do Sul), divulgado nesta quarta-feira. No acumulado, a indústria gerou 115.573 postos de trabalho no Estado.

Com o resultado, o setor industrial fica atrás apenas do setor de serviços (25%) e da administração pública (24%), que acumulam 140,7 mil e 130,7 mil empregos formais, respectivamente.

O saldo acumulado no ano em Mato Grosso do Sul é de 555,1 mil postos formais de trabalho. As indústrias de transformação respondem por 84,2 mil postos de trabalho, enquanto a construção civil emprega 26,1 mil. Em janeiro, foram criados 2.175 empregos formais na indústria, o melhor resultado para o mês desde 2008.

Em Mato Grosso do Sul, a indústria iniciou o ano com a maior participação sobre o saldo total de empregos formais criados em Mato Grosso do Sul. As mais de duas mil vagas correspondem a 61% do total de 3.568 novos empregos criados no Estado em 2011.

Na sequência aparecem os setores agropecuários, com 1.331 vagas (37,3% do total), serviços, com 247 vagas (6,9%). Em janeiro, o Índice de Evolução do Emprego Formal na Indústria chegou a 169,3 pontos, um crescimento de 69% sobre o estoque do ano base 2005, quando o setor empregava 68.269 trabalhadores.

Sobre a criação de emprego formal total em Mato Grosso do Sul, a indústria alcançou 132,4 pontos, um aumento de 32%. Desse modo, entre 2005 e até janeiro de 2011, o emprego formal na indústria cresceu 28% a mais do que o conjunto da economia estadual.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions