A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

08/06/2017 13:45

Empresas assinam contrato para elevar produção de tilápia em MS

Priscilla Peres
Produção de Tilápia na região leste ganhará reforço. (Foto: Edemir Rodrigues/Noticias MS)Produção de Tilápia na região leste ganhará reforço. (Foto: Edemir Rodrigues/Noticias MS)

Foi assinado nesta manhã (08), o contrato entre governo federal e duas empresas que venceram licitação para produzir tilápias nos lagos das usinas hidrelétricas de Selvíria e Aparecida do Taboado, em Mato Grosso do Sul.

A Tilabras e a GeneSeas venceram licitação e conseguiram outorga federal para explorar as águas do Rio Paraná por 20 anos. Os contratos foram assinados hoje pelo Ministro da Agricultura, Blairo Maggi e o evento contou com a presença de representantes estaduais.

As empresas vão instalar 554 hectares de tanques-rede para produzir até 120 mil toneladas de tilápia ao ano. Para isso, pagaram outorga de R$ 2,14 milhões pelo direito de uso dos lagos por 20 anos.

A GeneSeas é especialista em aquacultura e líder no mercado brasileiro e possui frigorífico instalado em Aparecida do Taboado, com capacidade para abate de 20 mil toneladas/ano. A Tilabrás está em fase de implantação do maior frigorífico de tilápia do mundo em Selvíria, com investimento de R$ 150 milhões.

Tais investimentos devem elevar Mato Grosso do Sul para o topo do ranking de produção de peixe de água doce do Brasil. Hoje o Estado está em 9º no ranking nacional, liderado pelo Paraná, com 93,6 mil toneladas.

Em 2016, MS produziu 24,1 mil toneladas de pescado. A expectativa é de que a produção de tilápias em MS chegue a 124 mil toneladas/ano ao longo do tempo. "Esses empreendimentos são fundamentais para diversificar a economia dessas cidades, que são pequenas e serão totalmente transformadas com a nova realidade", disse o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, que participou do evento de hoje.

A produção de tilápias em cativeiro vai garantir investimento de cerca de R$ 150 milhões no Mato Grosso do Sul. A expectativa é a de que o empreendimento gere mais de três mil empregos diretos e 13,6 mil indiretos em 7 anos, após atingir capacidade máxima.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions