A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

09/03/2017 20:56

Endividamento de famílias na Capital atingiu 60,8% em fevereirio

Nyelder Rodrigues

O índice da famílias endividadas em Campo Grande atingiu 60,8% no mês de fevereiro, o maior registrado pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) desde maio do ano passado - quando o índice foi de 61,6%. O valor também é o segundo maior dos últimos 12 meses, mas menor fevereiro do ano passado (62,3%).

Segundo a pesquisa, 32,4% dos entrevistados estão com contas em atraso, enquanto 13,8% declararam que não terão condições de quitar as dívidas feitas - no mesmo período de 2016, o número atingiu 14,6%, assim como em janeiro deste ano.

"É importante diferenciar o endividamento da inadimplência. São consideradas dívidas cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros", frisa o presidente do IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio de Mato Grosso do Sul) (IPF-MS), Edison Araújo.

O economista ainda completa citando, por exemplo, que o aumento do endividamento é um sinal também de movimentação do comércio, que geralmente aquece com as compras de fim de ano, refletindo em índices no começo do ano seguinte.

Quanto ao tipo de dívida, entre os 60,8%, prevalece o cartão de crédito como o maior vilão, responsável por 65,7% das dívidas. Em seguida aparecem os carnês, com 24,9%, e o financiamento de carros, com 14,3%.

O nível do endividamento também foi verificado, com 13,6% considerando-se muito endividados, 28% mais ou menos endividados e 19,1% pouco endividados. Ao todo, as entrevistas abrageram 500 famílias e foi feita nos últimos 10 dias de janeiro.

Brasil deixou de arrecadar R$ 354,7 bi com renúncias fiscais em 2017
Com meta de déficit primário de R$ 159 bilhões neste ano e com um teto de gastos pelas próximas duas décadas, o governo teria melhores condições de s...
Prazo para atualizar versão da Nota Fiscal Eletrônica termina no próximo dia 2
O prazo para atualizar a versão da Nota Fiscal Eletrônica termina no dia 2 de julho. A migração da versão do arquivo XML deve ser feita rapidamente p...
FCO já liberou R$ 892 milhões em recursos de janeiro a maio em MS
Mato Grosso do Sul aumentou em 139% as contratações de créditos pelo FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) entre os cinco prime...
Pobres do país levam nove gerações para alcançar renda média, diz OCDE
Relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estima que, no Brasil, podem ser necessárias nove gerações para criança...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions