A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

24/06/2015 13:47

Faems quer ampliar capacitação de associações e aposta em parceria com BB

Liana Feitosa

"Crise se combate com trabalho", defendeu o presidente da FAEMS (Federação das Associações Empresariais de MS) Alfredo Zamlutti Júnior. Na manhã desta quarta-feira (24), Zamlutti falou sobre a importância do comércio e dos investimentos no setor como meio de aquecer a economia.

"Setenta e oito porcento dos impostos recolhidos no país são obtidos através do comércio", ampliou durante evento da Federação no Sebrae/MS, na Capital. Por isso, o presidente acredita que é preciso olhar com mais atenção para o comércio local.

"Juntos temos mais força, e a abertura de associações comerciais é um caminho eficaz para o desenvolvimento econômico, principalmente se focarmos na profissionalização dos empresários e da diretoria das associações", explicou.

Em parceria com o Sebrae e a Consultoria FAP, a Federação iniciou processo de capacitações e inserção de planejamento estratégico para 12 associações na primeira etapa do projeto, com proposta para atender mais nove em breve.

Atualmente, Mato Grosso do Sul conta com 60 associações comerciais e ainda existem planos para que mais 19 sejam abertas nos próximos anos. Para o presidente, um dos avanços foi o convênio da Faems com o BB (Banco do Brasil), uma ação inédita no país.

Através da opção, as associações agora podem funcionar como correspondentes bancárias do BB, gerando receita e oferecendo serviços especiais aos filiados.

Como exemplo, a parceria permite que os associados acesso facilitado a taxas reduzidas e vantagens em linhas de crédito e financiamentos.

Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia
A partir de hoje (18), os brasileiros com mais de 57 anos, que são titulares de contas inativas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e...
Brasil deixou de arrecadar R$ 354,7 bi com renúncias fiscais em 2017
Com meta de déficit primário de R$ 159 bilhões neste ano e com um teto de gastos pelas próximas duas décadas, o governo teria melhores condições de s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions