A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/03/2009 09:25

Fiems comemora 30 anos com ações de R$ 35 milhões

Redação

Em comemoração aos 30 anos da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), o presidente da instituição, Sérgio Longen, lança na segunda-feira (30), um conjunto de ações para atender empresários e trabalhadores, que soma R$ 35 milhões em investimentos.

As ações também comemoram os 60 anos do Sesi e Senai. O investimento é para efetivar 37 mil atendimentos, que vão beneficiar 86 mil pessoas e 818 empresas durante o ano de 2009.

Segundo Sérgio Longen, as ações têm o mérito de contribuir para enfrentar e vencer os novos desafios impostos pela atual economia.

"Elas estão repletas de benefícios e vão contribuir para a geração de emprego e renda, além de ajudar os municípios," ressaltou, completando que, tão amplas quanto diversificadas, as ações vão atender as diferentes demandas das regiões do Estado.

A solenidade de lançamento do 'pacote´ será a partir das 19h30, no auditório térreo do Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande.

Escola de Construção - Entre as ações está a Escola da Construção de Campo Grande, que vai qualificar a mão-de-obra da construção civil em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura para reduzir o déficit do setor.

Para desenvolver o projeto, a Fiems necessita de uma área de 25 mil metros quadrados, sendo cerca de 3,4 mil metros apenas de área construída.

Além das salas de aula, a Escola da Construção contará com biblioteca, mini-auditório, refeitório e laboratórios específicos para cada área. Ela vai atuar na área de educação profissional e serviços técnicos e tecnológicos com meta de qualificar, até 2011, dez mil trabalhadores.

No ano passado, o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, fez a doação de um terreno de seis mil metros quadrados próximo ao Aeroporto Internacional da Capital, mas já se comprometeu em conseguir outra área que atenda as demandas do setor. O Sinduscon/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias da Construção de Mato Grosso do Sul) também integra o movimento para solucionar a falta de mão-de-obra qualificada.

Inovações - Também vai ser lançado o Fiems Inova, que reúne 12 projetos para ampliar a participação dos diretores na Federação, além de dar sustentação aos objetivos estratégicos do Sistema Indústria no Estado.

Estes projetos são: Eficiência Energética, Estruturação da Área de Vendas Industriais, Gestão Logística, Melhores Práticas de Gestão em Recursos Humanos, Missões Empresariais, Programa Alimentos Seguros, Planejamento e Gestão Empresarial, Planejamento Tributário Empresarial, Projeto Construir, Relações do Trabalho e Avaliação de Risco, Senai Solidário e Software de Gestão Industrial.

Gratuidade e Colher na Massa - A gratuidade de Sesi e Senai para educação básica e profissional são outra importante atividade para este ano, ampliando as oportunidades de acesso ao emprego.

Apenas na EJA (Educação de Jovens e Adultos), o Sesi disponibilizou cerca de 500 vagas, enquanto o Senai oferece 5,3 mil vagas, sendo 3,4 mil em 27 cursos de qualificação e cerca de 1,9 mil para os curso de aprendizagem industrial.

Ainda na área de qualificação gratuita, o Senai já iniciou o Projeto Colher na Massa, que vai capacitar 800 profissionais para o setor da construção civil na Capital, ampliando as atividades com ações móveis junto a outros municípios.

Bibliotecas - Com a continuidade da Indústria do Conhecimento, que no ano passado implantou 15 bibliotecas em 12 municípios - Corumbá, Três Lagoas (duas), Sidrolândia, Aquidauana, Campo Grande (três unidades), Ponta Porã, Nova Andradina, Rio Verde de Mato Grosso, Naviraí, Bataguassu, Costa Rica e Iguatemi -, a Fiems vai construir mais 10 unidades neste ano.

Cada unidade possui um acervo de 1,6 mil livros, dezenas de DVDs e CDs e dez computadores com acesso à Internet. Das outras dez unidades que serão construídas neste ano, cinco já estão definidas para as cidades de Dourados (duas), Paranaíba, Ribas do Rio Pardo e São Gabriel do Oeste, enquanto as outras cinco ainda aguardam definição.

Sesi Total e Volta das Nações - As ações incluem ainda a construção do Sesi Total em Campo Grande e Três Lagoas, para disponibilizar às indústrias e industriários o mais completo espaço de formação da cidadania.

Na Capital, o Sesi Total vai funcionar onde hoje está localizado o Clube do Trabalhador, enquanto em Três Lagoas ele será construído em terreno que já foi doado pela Prefeitura.

O presidente da Fiems informa que também serão modernizadas e reformadas as unidades móveis do Sesi e Senai, bem como os prédios das duas instituições localizadas no município de Corumbá, para melhorar e agilizar os serviços e atendimentos.

O Sesi ainda vai promover a "Volta das Nações", a primeira meia maratona internacional de Campo Grande, com percurso de 21 quilômetros, com a largada e a chegada no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, contornando o Parque dos Poderes, Parque das Nações e Parque do Sóter. A competição vai ser realizada no dia 11 de outubro com participação de atletas nacionais e estrangeiros.

Qualificação Fornecedores - O IEL também vai promover várias ações durante o ano, como a continuidade do PQF (Programa de Desenvolvimento e Qualificação Fornecedores) em Três Lagoas para qualificar micro, pequenas e médias empresas fornecedoras para atender a demanda da IP (International Paper) e VCP (Votorantim Celulose e Papel), via aperfeiçoamento da gestão.

Outra ação é o Programa de Internacionalização das Micros e Pequenas Empresas, que é um procedimento estratégico para melhorar os processos e produtos do setor cerâmico do Estado para atender as exigências do mercado europeu, e a Bolsa de Resíduos, que vai estimular a negociação de resíduos sólidos entre as empresas de mato grosso do sul, via balcão virtual no novo site da Fiems, também lançado neste ano e que faz parte das ações de comemoração aos 30 anos da entidade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions