A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/04/2010 10:40

Fiems diz que aumento de juros suspenderá investimentos

Redação

Diante do aumento da taxa básica de juros para 9,5%, a Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) garante que o setor pode enfrentar, a médio prazo, a suspensão de investimentos e dos projetos de expansão

O presidente da entidade, Sérgio Longen, prevê a interrupção do ritmo de crescimento da indústria. "O Governo está pressionando a queda do consumo, sob pretexto de evitar a alta da inflação. Mas, é preciso considerar que esta medida pode produzir efeitos negativos no setor empresarial", avisa por nota à imprensa.

O Copom (Comitê de Política Monetária) anunciou ontem o aumento de 0,75 ponto percentual, elevando a taxa Selic de 8,75% para 9,50% ao ano, o que na avaliação da Fiems gera insegurança, "principalmente porque o Copom atribui o risco de aumento da inflação a setores estratégicos, como alimentação, por exemplo".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions