A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

29/12/2016 16:37

Fiems quer ampliar programa que leva indústrias para região de fronteira

Leonardo Rocha
Presidente da Fiems, Sérgio Longen, durante reunião sobre programa (Foto: Divulgação - Fiems)Presidente da Fiems, Sérgio Longen, durante reunião sobre programa (Foto: Divulgação - Fiems)

O presidente da Fiems (Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, ressaltou a importância de ampliar o programa Fomentar Fronteiras, que tem a intenção de levar industrias brasileiras para o Paraguai, principalmente os empresários de Mato Grosso do Sul.

“O Fomentar Fronteiras foi criado para facilitar e fomentar a atividade econômica nessas cidades. Na prática, as empresas podem migrar parte da produção para o país vizinho", disse Longen, que cita a "Lei de Maquila", que permite que as empresas continuem instaladas no Estado, mas com uma pauta fiscal diferente no Paraguai, como atrativo.

Para fomentar o programa, Longen esteve nos últimos 15 dias nos municípios paraguaios de Pedro Juan Caballero, Capitán Bado, Salto del Guairá, Ciudad del Este e Hernandarias. "Encontramos ambientes favoráveis ao setor industrial do Estado e esperamos agora ofertar essas opções para os empresários sul-mato-grossenses".

Ele ponderou que hoje o setor industrial passa por dificuldades, por esta razão precisa criar condições para produzir também no Paraguai, mantendo os incentivos fiscais. “Dessa forma, a indústria de Mato Grosso do Sul fica competitiva e a gente enfrenta a crise econômica, gerando mais empregos nos dois lados da fronteira".

O programa foi criado em 2014, para justamente facilitar a atividade econômica nos municípios de fronteira, assim dando suporte a expansão de indústrias brasileiras no Paraguai, tendo melhor competitividade nestas atividades.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions