A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

03/02/2018 16:03

Gasolina aumenta pela 8ª semana em Campo Grande e chega a R$ 4,69

Ao longo desse período, o produto ficou 4,68% mais caro nas bombas, segundo pesquisa da ANP.

Ricardo Campos Jr.
Carro sendo abastecido em Campo Grande (Foto: André Bittar)Carro sendo abastecido em Campo Grande (Foto: André Bittar)

O preço da gasolina aumentou pela oitava semana consecutiva em Campo Grande. Ao longo desse período, o produto ficou 4,68% mais caro nas bombas, segundo levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível), divulgado neste sábado (3).

Técnicos do órgão entraram em contato com 43 postos da cidade anotando os valores, entre hoje e o último domingo (28).

Os resultados mostraram que o combustível está custando em média R$ 4,131 na Capital, valor 1,49% maior do que o apurado na semana anterior, de R$ 4,070. O mais caro foi encontrado em um estabelecimento de bandeira Petrobras na Vila Duque de Caxias. por R$ 4,697.

Já a gasolina mais em conta custava R$ 3,999 e foi achada em vários locais. Dois deles também são da Petrobras, localizados na Avenida Marechal Deodoro e na Rua Ceará. Outros dois eram da marca Shell, um na Avenida Guaicurus e outro na Rua Ana Luiza de Souza. Um era da Ipiranga na Avenida Thirson de Almeida e os demais de bandeira branca, sem distribuidora específica.

A alta nos preços começou a ser registrada na cidade a partir da segunda semana de dezembro. Naquela época o produto custava em média R$ 3,946 na cidade. Na seguinte, foi para R$ 4,004.

Em Mato Grosso do Sul a alta nesse mesmo período chega a 4,88%, embora em algumas semanas os valores apurados pela ANP tenham se repetido. Entre os dias 10 e 12 de dezembro, o combustível saía em torno de R$ 3,995 e no período seguinte foi para R$ 4,05.

Conforme o órgão, nesta semana o produto estava R$ 4,190 nas bombas, acréscimo de 0,89% em relação à pesquisa anterior, quando ele custava R$ 4,153.

O produto mais barato foi encontrado na cidade de Ponta Porã, por R$ 3,990. Já o mais caro, R$ 4,697, em Três Lagoas.



O que eu acho interessante não e o aumento na gasolina e sim os donos de postos aproveitam a aumenta tambem o etanol sem critério de porcentagem, o aumento pela cabeça deles e um absurdo, PROCON neles e IRGENTE,
 
Eraldo Afonso Bento Afonso em 03/02/2018 18:47:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions