A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/06/2013 09:59

Governo doa área para construção de shopping outlet em Campo Grande

Aline dos Santos

Com previsão de investimento entre R$ 60 e R$ 80 milhões, o shopping outlet deu mais um passo para sair do papel. Hoje, foi publicada a lei que autoriza o governo do Estado a doar área de 12 hectares, em Campo Grande, para a Rivercom Construção Civil e Participações Ltda, empresa responsável pela obra.

O primeiro outlet de Mato Grosso do Sul será erguido no Núcleo Industrial, na saída para Aquidauana. O segmento vende marcas mundialmente famosas e dão descontos de até 70% nos preços.

A empresa tem prazo de dois anos para construir o empreendimento comercial, sob pena de reversão automática da posse do terreno.

De acordo com o deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB), um dos articuladores da implantação do shopping, a área foi doada pelo grupo JBS ao governo do Estado. Segundo o deputado, a decisão foi porque o empreendimento vai valorizar a região e o grupo tem uma área grande no entorno.

Na próxima semana, um representante da construtora virá ao Estado para assinar a escritura e pedir informações à Prefeitura de Campo Grande sobre a concessão de benefícios e autorização para as obras.

O outlet, com cerca de 50 marcas, terá 90 lojas. A implantação será feita pela Rede TNG, que possui 150 lojas no Brasil e tem um centro de distribuição em Três Lagoas. Segundo Eduardo Rocha, há iniciativas para transferir a matriz, com sede em São Paulo, para Campo Grande.

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...


Todo investimento eh bem vindo, mas afinal, qual eh a dificuldade em trazer industrias para MS ?
 
MARCOS PAULO HILLESHEIM em 20/06/2013 00:18:50
Excelente, pois é uma área que precisa crescer, desenvolver #Adm D+
 
Nakal em 19/06/2013 20:06:14
Parabéns GOVERNO !!!! quem trabalha conquista!!! da para comparar com nosso atual Prefeito ALCIDES BERNAL???? claro que da tão afetando o prefeito poxa é tudo intriga da oposição cheio de justificativa que prefeito ridículo que vocês colocaram na nossa capital PARABÉNS Reinaldo Azambuja o mérito é seu!!!!!
 
renato filho em 19/06/2013 15:31:46
O cenário do estado hoje é outro! O Governador teria que fortalecer o comercio e as empresas locais que estão na grande maioria enfrentando dificuldades. Também seria de grande utilidade a melhor qualificação do trabalhadores da nossa região.
Na região de Três Lagoas quando da instalação e isenção e incentivos fiscais para implantação das empresas de celulose as mesmas quando da sua inauguração e construção buscarão trabalhadores de fora do estado e melhores qualificados favorecendo assim outras regiões e frustando a população local.. Shopping ! Já temos três em quanto o comercio central sofre com a falta de estrutura e migração dos consumidores .
 
Edevanir Basilio em 19/06/2013 13:14:47
Caro amigo Rafael Pereira, qual a diferença entre os empregos gerados pela industria e pelos shoppings, o importante e gerar empregos ou vc, esta achando que shopping, não precisa de funcionários.
 
Carlos Gomes em 19/06/2013 13:08:00
Precisamos é de Shopping... indústrias já estamos cheios.
 
Cyro Escobar em 19/06/2013 12:58:57
Doar área para hospital não tem!!!!
 
Juarema Souza em 19/06/2013 12:56:47
Não entendo mesmo essa politica... enquanto uns são despejados outros ganham tantas terras...
 
Vera Almeida em 19/06/2013 12:55:49
Nossa está correto o GOVERNO (Upas, Ubs,Hospitais) não devem ser construidos mais no municipio de Campo Grande ,pois, já temos muitos shoppings não existe nenhum está em falta! #Irônia (ACOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORDA POVO DE CAMPO GRANDE)....

Doar terreno de 12 hectares pra contruir uma Unidade de saúde descente o governo não quer mais SHOPPING isso é LUCRO!!


até quando?????
 
Thais Rodrigues em 19/06/2013 12:27:34
Pelo jeito, então bye bye shopping das Moreninhas...
 
Emerson Rodrigues em 19/06/2013 11:48:21
Excelente iniciativa. Campo Grande vai começar dar um salto espetacular na área do comércio, turismo e emprego. Parabéns a todos que lutam pra isso e que não fique só no papel.
 
Gervasio Ramos em 19/06/2013 11:09:07
Precisamos é de Indústrias... shopping já estamos cheios.
 
Rafael Pereira em 19/06/2013 11:00:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions