A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/10/2011 12:07

Grupo gigante de venda on-line é multado em meio milhão pelo Procon

Marta Ferreira

Elas são referentes a 111 processos do B2W, que reúne Shoptime, Americanas e Submarino

O Procon divulgou hoje que aplicou multa de R$ 563.808,98 ao grupo B2W Companhia Global do Varejo, que reúne os sites de venda pela internet Shoptime, Submarino e Americanas. O valor, conforme o órgão, é a soma de 111 processos de 2011.

A empresa só compareceu a 3 audiências, de acordo com o Procon.O superintendente do órgão, Lamartine Ribeiro, informou que a principal fonte de reclamações é o não cumprimento dos prazos de entrega dos seus produtos, mas também existem casos de cobrança indevida.

“Raramente o Procon chega a valores extremos de multa, mesmo porque, pelo sistema atual, a empresa sempre é contatada para tentar solucionar o caso imediatamente, sem precisar abrir o processo na Superintendência. É o que chamamos de atendimento preliminar”, explicou Lamartine.

Após essa fase, a empresa que estiver cadastrada no sistema de Carta de Informações Preliminares recebe uma mensagem on-line, dando prazo de 10 dias para a solução do conflito. Lamartine Ribeiro explica ainda que se ainda assim o consumidor não se sentiu contemplado, o Procon faz a abertura do processo chamado “reclamação”, cujo primeiro ato é a audiência de conciliação, onde a empresa apresenta sua defesa se não houve acordo.

De acordo com o superintendente, analisando a defesa, o Procon conclui pela aplicação ou não de multa na empresa, decisão da qual ainda cabe um recurso. São cinco as etapas que a empresa passa para evitar uma multa: Atendimento Preliminar, CIP, Audiência, Defesa e Recurso. “Então, quando isso acontece, é sinal de que a empresa efetivamente não quis resolver o problema do seu consumidor”, concluiu.

A B2W é uma das empresas que está na Justiça contra a medida contra a cobrança de ICMS sobre os produtos vendidos na internet quando entram em Mato Grosso do Sul.

A empresa tem 10 dias para recorrer das multas.



Compro direto nestas lojas e nunca tive problemas, pois o site informa o prazo máximo, até por causa do recolhimento do diferencial de alíquota de ICMS. Acho que as reclamações são de consumidores que desistem das compras. Deviam multar as lojas de Campo Grande que sempre perguntam se quer com nota ou sem.
 
Marco Stuani de Campo Grande em 04/10/2011 01:17:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions