A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

04/01/2018 15:12

Impulsionada pela soja, exportação de MS soma US$ 4,7 bilhões em 2017

Oleaginosa contabilizou no ano passado resultado recorde de US$ 1,36 bilhão

Osvaldo Júnior
Soja continua liderando as exportações de MS (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Soja continua liderando as exportações de MS (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Impulsionada, sobretudo, pelo desempenho da soja, a receita com as exportações sul-mato-grossenses somou US$ 4,78 bilhões durante 2017. O montante, informado nesta quinta-feira (dia 4) pelo AliceWeb (Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior), do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), é 17,5% maior que o acumulado em 2016. As vendas de soja proporcionaram US$ 1,36 bilhão, resultado recorde para o Estado. 

O valor originado das exportações de janeiro a dezembro de 2017 é US$ 713,6 milhões maior que o montante de igual período do ano anterior. Apesar do avanço, o resultado não está entre os melhores de Mato Grosso do Sul, conforme mostra a série histórica do AliceWeb. Em 2013 e 2014, por exemplo, os valores foram, respectivamente, de US$ 5,256 bilhões e de US$ 5,245 bilhões. 

As vendas externas só não resultaram em receitas mais acentuadas devido aos embarques relativamente modestos de alguns dos principais produtos. Nessa relação, não está a soja, que terminou 2017 com o melhor resultado da série histórica do MDIC, iniciada em 1997. 

Durante o ano passado, Mato Grosso do Sul embarcou 3,642 milhões de toneladas de soja a outros países. O volume é 25% superior aos 2,892 milhões exportados de janeiro a dezembro de 2016. Em se tratando de receita com as vendas externas da oleaginosa, o incremento foi de 29,38%, de US$ 1,054 bilhão para US$ 1,364 bilhão. 

Outros produtos, que estão entre os mais importantes do Estado, também contabilizaram altas na comparação entre 2017 e 2016. No entanto, os valores não estão entre os maiores considerando os desempenho de anos anteriores.

A receita com a exportação de celulose somou US$ 1,05 bilhão, 10% a mais que os US$ 95 milhões de 2016. O valor correspondente às vendas do açúcar foi de US$ 502,48 milhões, 12% acima dos US$ 488,34 milhões do ano ano anterior. A carne contabilizou alta na receita de US$ 32%, de US$ 274 milhões para US$ 364 milhões. Já o milho registrou aumento menor no valor originado das exportações: de 7,4%, de US$ 310 milhões para US$ 333 milhões. 

Balança – Mato Grosso do Sul frechou 2017 com saldo entre exportações e importações de US$ 2,259 bilhões. O valor é 27,7% maior que o resultado de 2016, de US$ 1,768 bilhão. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions