A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

29/12/2010 11:25

Título Interno

Marta Ferreira

Sub-Título

O IGPM (Índice Geral de Preços – Mercado), calculado pelo Ibre (Instituto Brasileiro de Economia), da Fundação Getúlio Vargas e usado como base para o reajuste de contratos de aluguel, fechou 2010 em 11,32%. O índice encerrou o mês de dezembro em 0,69%, menos da metade da taxa de novembro (1,45%).

A variação anual deste ano foi bem acima da do ano passado, quando houve deflação de 1,71%.

Só um dos itens que compõe o índice ficou menor, o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo) com variação de 0,63% ante 1,84%. Entre os principais motivos para esse movimento no setor atacadista estão os produtos agrícolas, cuja taxa passou de 3,92%, em novembro, para 1,66%. Os itens bovinos subiram 1,62% ante 11,42%, a soja em grão teve variação de 2,58% ante 9,72%, e o milho em grão, de 4,41% ante 9,54%.

Nos demais indicadores que formam o IGP-M, ocorreram avanços acima das taxas registradas em novembro. O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) ficou em 0,92% ante 0,81% e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) aumentou de 0,36% para 0,59%.

No acumulado do ano, o INCC atingiu 7,58%.O que mais puxou a alta de novembro para dezembro foi o salário de pedreiros e outros profissionais, cuja taxa aumentou de 0,59% para 1,08%. Desde janeiro, a mão de obra teve elevação de 9,91%, acima da média no setor.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions