A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

01/02/2018 10:04

Material escolar está mais barato, mas preço varia em até 900%

Helio de Freitas, de Dourados
Pesquisa do Procon encontrou produto com quase 1.000% de diferença no preço (Foto: Divulgação)Pesquisa do Procon encontrou produto com quase 1.000% de diferença no preço (Foto: Divulgação)

O preço dos materiais escolares está em média 5,3% mais barato em relação ao mesmo período do ano passado em Dourados, a 233 km de Campo Grande, segundo pesquisa do Procon divulgada hoje (1º). Além da queda, a pesquisa feita em oito estabelecimentos da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul encontrou grande variação de preços, que chegam a quase 1.000%.

Entre os 74 itens pesquisados ontem, o campeão de variação de preço é a folha de papel almaço com e sem pauta, encontrada de R$ 0,12 a R$ 1,27 em duas papelarias localizadas na área central. O transferidor ficou em segundo lugar, variando 900% - custa de R$ 1 a R$ 10.

Outros itens da lista de materiais escolares com grande variação de preços são o pincel número 20 (677,78%) e a cola colorida (531,58%). Conforme o Procon, 42 produtos apresentaram diferença de 54% entre o estabelecimento com menor preço e o de maior preço.

De acordo com o diretor do Procon em Dourados, Mario Júlio Cerveira, os preços apresentam variações consideráveis entre os estabelecimentos principalmente por descontos especiais, promoções e diferença de marcas. “Por isso, o consumidor deve fazer uma pesquisa em vários estabelecimentos, negociar descontos e prazos para pagamento. A compra em conjunto pode facilitar as negociações”.

Outra orientação é para racionalizar a compra de material escolar, aproveitando materiais do ano passado em boas condições de uso. Outra dica importante é participar da troca de livros didáticos entre alunos que cursam séries diferentes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions