A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/11/2012 11:44

Mineração provoca queda de 6,9% na arrecadação federal em MS

Apesar da baixa, houve aumento de tributos na atenção à saúde e comércio varejista

Nadyenka Castro

A arrecadação federal em Mato Grosso do Sul em outubro ficou abaixo do esperado. Segundo dados da Receita Federal, o montante total ficou em R$ 453.479.147,00, valor 6,97% menor do que no mesmo mês do ano passado, quando foram arrecadados cerca de R$ 419 milhões.

Conforme a Receita, a culpa pela redução é de quatro setores. A perda maior – R$ 86,6 milhões - veio do setor da extração de minerais metálicos.

Estão também na lista a fabricação de bebidas e construção de edifícios – ambos com R$ 3,3 milhões – e a fabricação de produtos alimentícios- R$ 2,7 milhões.

A arrecadação fazendária foi de R$ 269.072.948. Montante 16,85% menor do que em outubro do ano passado.

Mesmo com a queda, houve crescimento no pagamento de impostos de atividades de atenção à saúde humana – R$ 5,7 milhões -; captação, tratamento e distribuição de água – R$ 2,2 milhões – e comércio varejista – R$ 2,1 milhões.

Crescimento – Apesar da redução na arrecadação total e na fazendária, houve aumento na previdenciária.

De acordo com a Receita Federal, o pagamento de impostos previdenciários em outubro somou R$ 184.406.199. Acréscimo de R$ 20.541.407,00 em relação ao mesmo mês de 2011.

Contribuíram para o saldo positivo o comércio varejista – R$ 2,7 milhões –(com exceção do de motos e motonetas); a construção – R$ 2,6 milhões – e outras atividades empresariais R$ 1 milhão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions