A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/01/2008 07:10

Odebrecht quer garantir mão-de-obra para usina em MS

Redação

Representantes da ETH Bioenergia S/A, braço de agroenergia do Grupo Odebrecht estarão na próxima terça-feira em Campo Grande para discutir uma parceria na qualificação de mão-de-obra com Senai/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Mato Grosso do Sul). A intenção é garantir pessoal para o empreendimento que o grupo pretende lançar em Mato Grosso do Sul, uma usina de álcool. O investimento seria em Rio Brilhante.

A reunião será às 18 horas com a presença do diretor-regional do Senai/MS, Jaime Verruck e do gerente de Educação e Desenvolvimento Tecnológico do Senai/MS, Jesner Marcos Escandolhero. Na ocasião será feita uma apresentação dos investimentos que o Grupo Odebrecht pretende fazer no Estado.

A entrada do Grupo Odebrecht na produção de açúcar e álcool ocorreu em maio do ano passado com a aquisição da usina paulista Alcídia, em Teodoro Sampaio (SP), e, dois meses depois, anunciou a construção de sua segunda unidade, na região de Pontal do Paranapanema, em parceria com o empresário Alexandre Cândido de Paula, sócio da Reebok Fitness e um dos controladores da ACP Agropecuária.

A região do Pontal foi escolhida pelo grupo por ser uma das poucas áreas de São Paulo que ainda comportam a expansão canavieira. Nesses dois investimentos, o grupo desembolsou cerca de US$ 300 milhões.

Até 2015, o conglomerado pretende consolidar um aporte de US$ 5 bilhões (incluindo os investimentos já realizados) e ficar entre os três maiores produtores de açúcar e álcool do Brasil. A companhia prevê ter, no mínimo, dez unidades produtoras.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions