A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018

27/03/2018 13:36

Ovos de Páscoa estão 11% mais caros e bombons tiveram queda no preço

Foram pesquisados 29 tipos de ovos de Páscoa; o levantamento revelou que o preço médio por ovo neste ano é de R$ 45,00

Anahi Zurutuza
Consumidor escolhe ovo de Páscoa exposto em supermercado (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Consumidor escolhe ovo de Páscoa exposto em supermercado (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Os ovos de chocolate estão em média 11,07% mais caros em Campo Grande, se comparados os preços deste ano com os de 2017. É o que aponta a pesquisa do Nepes (Núcleo de Pesquisas Econômicas e Sociais) da Uniderp.

O índice é maior que a inflação acumulada na Capital no ano passado, quando ficou em 2,60%. A maior alta constatada foi do ovo Nestlé Classic de 45g, que ficou 54,19% mais caro.

Houve queda em alguns produtos, sendo a maior delas, de 14,19%, com os ovos tipo Surpresa da Nestlé.

O índice médio de inflação dos ovos superou o previsto pelos fabricantes, que estimavam alta de 3% nos chocolates.

Para Celso Correia de Souza, coordenador do Nepes da Uniderp, a alta nos preços dos ovos de Páscoa é reflexo de reajustes nos valores da matéria-prima. “A Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados já se posicionou informando que a disparada do dólar refletiu no preço do cacau e a alta dos componentes da cadeia de produção, como açúcar, combustível e armazenagem, também pesaram no índice”, informou via assessoria de imprensa.

Foram pesquisados 29 tipos de ovos de Páscoa. O levantamento revelou que o preço médio por ovo neste ano é de R$ 45,00, mas é possível encontrar estes produtos nos supermercados com valores que variam de R$ 10,50 a R$ 80,00. Veja a tabela:

Ovos de Páscoa estão 11% mais caros e bombons tiveram queda no preço

Bombons e chocolate em barra – Ao contrário dos ovos de Páscoa, as barras de chocolate e as caixas de bombons tiveram queda no preço, de 5% em média.

Conforme a pesquisa do Nepes, o destaque ficou para a caixa de bombons Garoto, que reduziu 14,24%, e para a barra de chocolate Shot, que teve deflação de 12,89%. Veja:

Ovos de Páscoa estão 11% mais caros e bombons tiveram queda no preço


Diminuir peso dos gêneros alimentícios, mascara o real aumento, mesmo que seja contabilizado pelos organismos de levantamento de preços, induz o consumidor ao erro, mesmo sendo informados nas embalagens, conforme é determinado para essas mudanças. Porém sempre somos pegos de surpresa e ficamos com cara de enganados.
Isso acontece com chocolate que agora está próximo a 100 gramas, quando o padrão há algum tempo eram 200 gramas.
Os biscoitos também sofreram essa alteração.
E o óleo de soja que hoje é de 900 ml.
Quero ver até onde irão diminuir, pra depois aumentar realmente o preço sem poder alterar os pesos.
 
Adriano em 27/03/2018 14:57:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions